Rádio Online
 
 
pub
Home > Estudos > Estudos da Célula > SEMEAR E COLHER

Estudos da Célula

SEMEAR E COLHER
 

Semear e Colher (Ricardo Wagner, ap.)

Jesus usou uma infinidade de parábolas para explicar coisas espirituais difíceis de entender. Na verdade Jesus foi um exímio comunicador, pois usou coisas naturais e materiais para explicar coisas espirituais. Não é por menos, pois “Não é o espiritual que vem primeiro, mas sim o material; depois é que vem o espiritual.” (I Co 15:46)

Quando olhamos para a natureza entendemos como as coisas espirituais funcionam. Vamos ver um exemplo: um terreno baldio não limpo, não arado, não semeado e não cultivado jamais irá produzir boas plantações. Pelo contrário. Neste terreno nascerá ervas daninhas e capoeira. Da mesma forma o homem. Se não expor sua vida a bons ensinamentos, a sonhos de grandeza, a boas amizades, colherá coisas ruins em sua vida. As coisas ruins na vida não precisamos plantar para acontecerem. Elas vêm de graça. Mas as coisas boas precisam ser cultivadas. Por isto a grande importância de participar de uma célula e dos cultos.

PERGUNTAS: Você percebe a importância de estar presente nas reuniões de célula e cultos em sua vida? Explique!

Um princípio que a Bíblia nos ensina do início ao fim é o princípio da semeadura e colheita.

Gl 6:7-8 – “7 Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará. 8 Porque o que semeia para a sua própria carne da carne colherá corrupção; mas o que semeia para o Espírito do Espírito colherá vida eterna.”

Este é um princípio essencial da vida humana. Vamos analisar as premissas deste princípio para podermos desfrutar o máximo de seu potencial:

1. Este princípio é imutável. Ninguém pode imaginar que consiga burlar e impedir que este princípio funcione em sua vida. Este princípio é imutável. Não pense alguém que este princípio não o atingirá. Não é que as vezes funciona outras vezes não. Paulo disse “Não vos enganeis”! Ele estava dizendo não pensem que a colheita não acontecerá! A colheita daquilo que plantamos é inevitável. Ela acontecerá inevitavelmente, seja para poderosos, seja para símplices.

Cl 3:25 – “pois aquele que faz injustiça receberá em troco a injustiça feita; e nisto não há acepção de pessoas.”

2. O fruto que colhemos é exatamente igual a semente que plantamos. Não podemos pensar que se plantarmos uma semente colheremos algo diferente do que plantando. O que colhemos em nossa vida é exatamente o que plantamos. Se semeamos egoísmo e orgulho, jamais podemos esperar que colheremos solidariedade dos outros. Se semeamos amor seremos amados. Se semearmos ajuda, seremos ajudados. Mas se semearmos o mal, colheremos maldade. Se semearmos para o pecado, colheremos a morte. Se semearmos para Deus colheremos bênçãos.

II Co 5:10 – “Porque importa que todos nós compareçamos perante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o bem ou o mal que tiver feito por meio do corpo.”

Jó 4:8 – “Pelo que tenho observado, os que cultivam a maldade e semeiam a opressão, isso também é o que colhem.”

Pv 22:8 – “O que semeia a injustiça colhe a desgraça.

Os 10:12-13 – “12 Então eu disse: ‘Semeiem a justiça e colham a misericórdia. Lavrem o campo não cultivado, porque é tempo de buscar o Senhor, até que ele venha, e chova a justiça sobre vocês. 13 Vocês lavraram para a maldade, colheram a injustiça e comeram os frutos da mentira.”

3. Colhemos sempre numa quantidade maior que plantamos. Plantamos uma semente de milho e colhemos normalmente duas espigas de cada grão que é plantado. Uma semente de milho se multiplica mais que 500 vezes. De igual forma em nossa vida. Tudo aquilo que fizermos em nossa vida, colheremos multiplicadas vezes mais.

Os 8:7 – “Eles semeiam vento e colhem tempestade.”

Lc 6:37-38 – “37 Não julgueis e não sereis julgados; não condeneis e não sereis condenados; perdoai e sereis perdoados; 38 dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos darão; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também.”

4. Deus mesmo se encarrega de garantir que aquilo que fizemos também colheremos. Deus não vai permitir que aquilo que se plantou não venha a frutificar. Esta lei tem o aval e a chancela do próprio Deus.

Ef 6:8 – “certos de que cada um, se fizer alguma coisa boa, receberá isso outra vez do Senhor, quer seja servo, quer livre.”

5. Podemos definir a fartura ou escassez de nosso futuro em função daquilo que plantamos hoje. Nosso futuro é definido pela semeadura que fizemos hoje. Então nosso futuro é previsível de acordo com a abundância ou escassez que semeamos hoje.

II Co 9:6 – “E digo isto: Que o que semeia pouco pouco também ceifará; e o que semeia em abundância em abundância também ceifará.”

PERGUNTAS: Em que áreas e como podemos aplicar este princípio em sua vida?

Reunião da Célula

1. Encontro

a. Enquanto as pessoas forem chegando, você pode deixar uma música de fundo rodando no ambiente. Isto ajuda a preparar o ambiente para célula e deixa mais descontraído.

b. Nunca deixe de dar muita atenção para os novos na célula. Eles precisam se sentir especiais (como realmente são).

c. Peça para as pessoas que trouxeram os visitantes, apresentarem estas pessoas. Receba a todos com muita expectativa e amor.

d. Quebra Gelo. Pergunta: Você já plantou alguma árvore em sua vida? E ela cresceu?

2. Exaltação

a. Se houver possibilidade, cante dois cânticos bem alegres. Se não há que toque um instrumento, seria interessante que se tenha um aparelho de som e se colocasse uma música pré-selecionada que todos possam cantar juntos. Pode ser até um celular.

b. A presença de Deus é que faz com que as pessoas sejam transformadas na célula. Então valorize este momento para todos entenderem que sobretudo a presença de Deus deve ser valorizada e desejada.

c. Ore pelo andamento da célula e por cada pessoa!

3. Edificação

a. O objetivo desta ministração é fazer que cada pessoa entenda o princípio da semeadura e colheita em sua vida. Este princípio permeia todos os aspectos de nossa existência. Se as pessoas não forem sábias, estarão preparando um futuro terrível para si mesmos e seus descendentes. Mas se formos sábios, garantimos a beleza e grandeza de nosso futuro a cada gesto e ação que praticamos.

b. Precisamos a cada dia semear as coisas para Deus para colhermos dele em abundância. Aquelas pessoas que apenas semeiam para seu interesse, se limitarão em receber a abundância daquilo que outros tem para nos dar.

4. Evangelismo

a. É tempo de orar para que a célula seja pródiga em boas coisas para que no futuro colha uma multiplicação extraordinária em todos aspectos.

b. Ore sempre pelas necessidades das pessoas (pode fazer uso da cadeira da bênção para esta oração).

c. Aproveite para levar as pessoas que ainda não conhecem a Jesus a se entregarem a ele.

d. Ore pelas pessoas que estão na lista de oração. Faça algo criativo para as pessoas sentirem verdadeiramente que esta lista é muito importante.

e. Dê os avisos necessários.

f. Orem pela liderança da sua igreja e da Rede Apostólica.

g. NUNCA deixe de compartilhar os objetivos da célula, discutir como estão avançando nestes objetivos, estabelecer estratégias e orar por eles. Faça SEMPRE isto.

h. Não esqueça de fazer mensalmente a REUNIÃO FESTIVA para facilitar trazer novas pessoas para a célula.

Observação: A manifestação do poder de Deus em nossa célula precisa estar presente de forma constante. Nossas células devem ser conhecidas pelos milagres que nela acontecem. Então na hora da oração e das ministrações dê prioridade em estimular a fé e a certeza que Deus fará milagres ali. Tenha coragem de orar e saber que os milagres acontecerão em abundância.

01/11/2019

Veja Mais...

18/Out/2019

O QUE DEUS LEVA EM CONTA.

 
22/Out/2019

FÉ PARA TODOS.

 
02/Out/2019

OS HOMENS DE CORINTO.

 
24/Set/2019

A RESPONSABILIDADE.