Rádio Online
 
 
pub
Home > Estudos > Estudos da Célula > O QUE DEUS LEVA EM CONTA

Estudos da Célula

O QUE DEUS LEVA EM CONTA
 

O Que Deus Leva em Conta (Ricardo Wagner, ap.)

II Co 5:18-19 – “18 Tudo isso provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação, 19 ou seja, que Deus em Cristo estava reconciliando consigo o mundo, não levando em conta os pecados dos homens, e nos confiou a mensagem da reconciliação.”

No Velho Testamento temos registrado que o pecado separava o homem de Deus: “Mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que vos não ouça” (Is 59:2).

Justamente para resolver este problema do pecado que Jesus veio para esta terra. Ele morreu pelos nossos pecados e através de sua morte o problema do pecado foi definitivamente resolvido. Agora Deus não leva mais em conta o pecado. A Bíblia diz: “e ele (Jesus) é a propiciação pelos nossos pecados e não somente pelos nossos próprios, mas ainda pelos do mundo inteiro.” (I Jo 2:2). Jesus apaziguou pela sua morte a ira de Deus e propiciou que o homem se ligasse a Deus.

Diante disto o problema do pecado foi solvido através do derramamento do sangue e da morte de Jesus. Uma vez que o problema do pecado foi resolvido por Jesus, a única coisa que impede o homem de reconciliar com Deus é a falta de fé. A falta de fé, depois da morte de Jesus, é a única coisa que separa o homem de Deus.

PERGUNTAS: O nosso passado não pesa mais sobre nós. Você ainda sente o peso de seu passado sobre sua vida?

Vemos histórias de pessoas que falharam de forma vergonhosa no Velho Testamento, mas que no Novo Testamento receberam elogios e foram exaltadas, pois apesar de terem realizado pecados vergonhosos, foram justificadas através de seus atos de fé!

1. Raabe. Raabe era uma prostituta canaanita que morava na cidade de Jericó. A história conta que provavelmente ela tinha uma hospedaria que recebia hóspedes para passarem a noite, oferecendo alguns “serviços extras” de prostituição. Várias vezes ela é referenciada na Bíblia como sendo prostituta ou meretriz (Js 6:17, 6:25, Hb 11:31, Tg 2:25). Interessantemente no Novo Testamento Raabe é apresentada no “hall da fama” das pessoas de fé, por ela ter ajudado os espias motivada pelo conhecimento e fé no Deus de Israel (leia Js 2:9-10).

Hb 11:31 – “Pela fé, Raabe, a meretriz, não foi destruída com os desobedientes, porque acolheu com paz aos espias.”

Raabe era uma prostituta, mas o conhecimento e o temor de Deus fizeram com que ela não apenas fosse salva da destruição de Jericó, como também foi uma das progenitoras da linha genealógica de Jesus. (Mt 1:5-6)

2. Sansão. Na história de Sansão vemos ele sendo destruído por se envolver com mulheres filistéias adoradoras de outros deuses! “Naquele tempo, os filisteus dominavam sobre Israel” (Jz 14:4). A história de Sansão conta que ele se envolveu com três mulheres filistéias: sua esposa de Timna (Jz 14:1-2), a prostituta de Gaza (Jz 16:1) e Dalila do vale de Soreque (Jz 16:4). Com estas três mulheres ele teve sérios problemas e por fim ele permaneceu muito tempo na “cabeleireira Dalila” que cortou seu cabelo e assim perdeu toda sua força e foi definitivamente preso e exposto ao vexame quando preso nas colunas do templo do deus Dagom em Gaza. Mas novamente no “hall da fama” dos heróis da fé do livro de Hebreus Sansão é honrado como homem de fé ao lado de Davi, Gideão e muitos outros. “32 E que mais direi? Certamente, me faltará o tempo necessário para referir o que há a respeito de Gideão, de Baraque, de Sansão, de Jefté, de Davi, de Samuel e dos profetas, 33 os quais, por meio da fé, subjugaram reinos, praticaram a justiça, obtiveram promessas, fecharam a boca de leões, 34 extinguiram a violência do fogo, escaparam ao fio da espada, da fraqueza tiraram força, fizeram-se poderosos em guerra, puseram em fuga exércitos de estrangeiros.” (Hb 11:32-34).

3. Ló. Talvez dos casos aqui citados, o mais emblemático seja o de Ló. Ló era sobrinho de Abraão que depois de o acompanhar por um tempo o deixou ficando com os campos verdejantes do vale do Jordão. Morou em Sodoma, cidade maldita que foi destruída pelo fogo. Fugiu da destruição de Sodoma e sua mulher virou estátua de sal ao olhar para trás. Morou com suas duas filhas que o seduziram e geraram dois filhos de seu próprio pai (Amon e Moabe) que se tornaram grandes inimigos de Israel. Que vida perturbada! Mas ao invés do Novo Testamento condenar Ló por tantos erros que cometeu, fala assim: “E (Deus), reduzindo a cinzas as cidades de Sodoma e Gomorra, ordenou-as à ruína completa, tendo-as posto como exemplo a quantos venham a viver impiamente; 7 e livrou o justo Ló, afligido pelo procedimento libertino daqueles insubordinados 8 (porque este justo, pelo que via e ouvia quando habitava entre eles, atormentava a sua alma justa, cada dia, por causa das obras iníquas daqueles)(II Pe 2:6-8).

Vemos que as falhas destes homens citados acima causaram problemas inclusive para futuras gerações. Mas uma verdade é evidente: Deus não manteve o passado destes homens sobre suas cabeças. A lei os condenava, mas por causa de Jesus, Deus os justificou e deu um novo testemunho a respeito deles. Foram homens que viveram antes de Jesus, mas que foram justificados pela fé que tiveram. O que aprendemos é que não importa mais nosso passado. A questão é: o que faremos agora depois de conhecermos a Jesus?

PERGUNTAS: Nossa fé nos justifica! A fé é expressa pelas nossas ações. Quais ações em sua vida que expressam sua fé?

Reunião da Célula

1. Encontro

a. Enquanto as pessoas forem chegando, você pode deixar uma música de fundo rodando no ambiente. Isto ajuda a preparar o ambiente para célula e deixa mais descontraído.

b. Nunca deixe de dar muita atenção para os novos na célula. Eles precisam se sentir especiais (como realmente são).

c. Peça para as pessoas que trouxeram os visitantes, apresentarem estas pessoas. Receba a todos com muita expectativa e amor.

d. Quebra Gelo. Pergunta: O quanto sua vida mudou desde que conheceu a Jesus? Quais são as principais coisas que mudaram? Ou, se você está participando a primeira vez ou está no início da caminhada, você conhece alguém que sua vida foi radicalmente transformada?

2. Exaltação

a. Se houver possibilidade, cante dois cânticos bem alegres. Se não há que toque um instrumento, seria interessante que se tenha um aparelho de som e se colocasse uma música pré-selecionada que todos possam cantar juntos. Pode ser até um celular.

b. A presença de Deus é que faz com que as pessoas sejam transformadas na célula. Então valorize este momento para todos entenderem que sobretudo a presença de Deus deve ser valorizada e desejada.

c. Ore pelo andamento da célula e por cada pessoa!

3. Edificação

a. O objetivo desta ministração é mostrar que não importa quanto terrível tenha sido nosso passado, nossa fé expressa por nossas ações nos justifica. A fé não é apenas palavras, mas sobretudo ações correspondentes àquilo que acreditamos.

b. Precisamos levar cada membro de nossa célula a entender que apesar daquilo que aconteceu em nosso passado, podemos avançar de forma significativa e entrarmos igualmente no “hall da fama” dos homens e mulheres de fé da atualidade.

4. Evangelismo

a. É tempo de oração e de ministração sobre como Deus transforma uma vida. Então ore para que haja transformação completa na vida das pessoas e que, assim como Deus, não levem mais em conta seu passado, mas avancem olhando firmemente para aquilo que Deus tem para suas vidas.

b. Ore sempre pelas necessidades das pessoas (pode fazer uso da cadeira da bênção para esta oração).

c. Aproveite para levar as pessoas que ainda não conhecem a Jesus a se entregarem a ele.

d. Ore pelas pessoas que estão na lista de oração. Faça algo criativo para as pessoas sentirem verdadeiramente que esta lista é muito importante.

e. Dê os avisos necessários.

f. Orem pela liderança da sua igreja e da Rede Apostólica.

g. NUNCA deixe de compartilhar os objetivos da célula, discutir como estão avançando nestes objetivos, estabelecer estratégias e orar por eles. Faça SEMPRE isto.

h. Não esqueça de fazer mensalmente a REUNIÃO FESTIVA para facilitar trazer novas pessoas para a célula.

Observação: Onde é melhor fazer a reunião de célula? Em nossa casa ou na casa de um anfitrião? A primeira opção é fazermos a reunião de célula na casa de um anfitrião. Mas muitas vezes não temos um anfitrião ou a casa não oferece as mínimas condições: recebem mal as pessoas, ficam com a TV ligada, há muito barulho, cheiro ruim ou qualquer outra coisa que possa atrapalhara reunião de célula. Neste caso é melhor mudar de anfitrião ou fazer em nossa própria casa.

 

18/10/2019

Veja Mais...

22/Out/2019

FÉ PARA TODOS.

 
02/Out/2019

OS HOMENS DE CORINTO.

 
24/Set/2019

A RESPONSABILIDADE.

 
17/Set/2019

PEDIR INSISTENTEMENTE.