Rádio Online
 
 
pub
Home > Estudos > Estudos da Célula > PREPARAR O CORAÇÃO PARA NÃO TROPEÇAR

Estudos da Célula

PREPARAR O CORAÇÃO PARA NÃO TROPEÇAR
 

Preparar o Coração para não Tropeçar (Ricardo Wagner, ap.)

Uma das parábolas mais conhecidas que Jesus contou é a Parábola do Semeador (leia Mc 4:1-20). Nesta parábola, Jesus conta que o semeador lançou as sementes em vários tipos de solos. Uma das sementes “5 caiu em solo rochoso, onde a terra era pouca, e logo nasceu, visto não ser profunda a terra. 6 Saindo, porém, o sol, a queimou; e, porque não tinha raiz, secou-se” (Mc 4:5-6). Ao explicar a parábola Jesus disse que cada tipo de solo representa um tipo de coração e diz que “16 as (sementes) que caíram no solo rochoso representam aqueles que ouvem a mensagem e, sem demora, a recebem com alegria. 17 Contudo, uma vez que não têm raízes profundas, não duram muito. Assim que enfrentam problemas ou são perseguidos por causa da mensagem, cedo desanimam” ou “logo a abandonam” em outra tradução. (Mc 4:16-17).

Este é um problema que percebemos vez após vez. As pessoas escutam a palavra de Cristo e recebem com alegria, começam a gozar de uma paz imensa e experimentam grandes milagres. Mas vindo as dificuldades, crises, perseguições e problemas, logo desanimam e abandonam a fé. Jesus diz na explicação da parábola que isto acontece porque não tem raízes profundas, ou seja, estas pessoas não tinham seu coração preparado para as dificuldades.

Poucas pessoas por natureza estão determinadas a fazer o mal. Eles não acordam de manhã procurando maneiras de transgredir. No entanto, eles caem no erro e no pecado porque não prepararam seus corações para as adversidades.

PERGUNTAS: Você já enfrentou uma situação que pensou que estava preparado, mas que acabou tropeçando?

Vamos ver alguns exemplos de pessoas que não tinham seu coração preparado para as situações difíceis e vacilaram:

1. Roboão. Roboão era filho de Salomão e neto de Davi. Ele herdou o trono de Israel aos 41 anos, com a morte de seu pai Salomão. No início de seu reinado, seu coração era sensível ao Senhor. Ele, juntamente com todo seu exército, voltaram de uma batalha simplesmente por que um profeta falou em nome do Senhor (2 Cr 11: 1-4). No entanto, sua busca pelo Senhor durou apenas três dos 17 anos de seu reinado (II Cr 11:17). Sabemos que depois destes três anos Roboão fez coisas terrivelmente impensadas que resultaram na divisão de Israel levando o povo a servir e adorar falsos deuses. A Bíblia diz assim: "E ele fez o mal, porque não preparou o coração para buscar o Senhor" (II Cr 12:14). Roboão não havia preparado seu coração e quando vieram os desafios em sua vida fez o que era mau.

2. Os discípulos de Jesus. Depois de três anos e meio dos discípulos andarem com Jesus, Ele foi crucificado. De modo contínuo, iniciou-se uma certa perseguição contra aqueles que andavam com Jesus. Como resultado houve um verdadeiro tumulto no meio dos discípulos. Pedro abandonou seu discipulado e disse: “Vou pescar. Disseram-lhe os outros (discípulos): Também nós vamos contigo” (Jo 21:3). Depois de ver e experimentar tantas maravilhas com Jesus, depois de Jesus ter lhes instruído de forma tão maravilhosa eles abandonaram tudo e voltaram a sua velha atividade. Jesus sabendo do que aconteceria, na noite antes de sua crucificação os alertou: “Eu lhes tenho dito tudo isso para que vocês não venham a tropeçar. 2 Serão expulsos das sinagogas; de fato, virá o tempo quando quem os matar pensará que está prestando culto a Deus” (Jo 16:1-2). Mas mesmo assim tropeçaram. Amedrontaram-se. Dissiparam-se.

Por outro lado, temos o exemplo de pessoas que prepararam seu coração para o dia da dificuldade e não vacilaram.

1. Davi. Davi foi ungido para ser rei de Israel muito novo. Deus o usou para matar Golias. Ele tocou sua harpa e demônios foram expulsos da vida de Saul. Ele foi a guerra e venceu inimigos lendários de Israel. Apesar de tudo que fez, por inveja, Saul com todo exército de Israel o perseguiu para mata-lo. Ele estava em plena perseguição e dificuldades quando Saul foi descansar justamente numa caverna que Davi se escondia. Todos que estavam com Davi o estimularam a matar a Saul por vingança. Deste evento Davi compôs dois Salmos (57 e 108):

Sl 57:4,6-7 ARC – “4 A minha alma está entre leões, e eu estou entre aqueles que estão abrasados, filhos dos homens, cujos dentes são lanças e flechas, e cuja língua é espada afiada...6 Armaram uma rede aos meus passos, e a minha alma ficou abatida; cavaram uma cova diante de mim, mas foram eles que nela caíram. 7 Preparado está o meu coração, ó Deus, preparado está o meu coração; cantarei e salmodiarei.” Em outras traduções diz “Firme está o meu coração”. Davi no meio da perseguição não agiu com justiça própria ou vingança, mas fez as coisas a maneira de Deus, pois seu coração estava preparado. Ele estava firmado não em suas emoções e circunstâncias, mas na Palavra de Deus.

2. Os israelitas no tempo de Samuel. Naquela época os israelitas eram derrotados pelos filisteus, vivendo em lamentações. Então Samuel disse: “Se é de todo o vosso coração que voltais ao SENHOR, tirai dentre vós os deuses estranhos e os astarotes, e preparai o coração ao SENHOR, e servi a ele só, e ele vos livrará das mãos dos filisteus” (I Sm 7:3). E exatamente isto que fizeram e venceram os inimigos: “Assim, os filisteus foram abatidos e nunca mais vieram ao território de Israel, porquanto foi a mão do SENHOR contra eles todos os dias de Samuel” (I Sm 7:13).

PERGUNTAS: Segundo Ed 7:10 – “Porque Esdras tinha preparado o seu coração para buscar a Lei do SENHOR, e para a cumprir, e para ensinar em Israel os seus estatutos e os seus direitos” e I Cr 29:18 – “Ó SENHOR, ... guarde isso para sempre na imaginação dos pensamentos do coração do teu povo, e prepare seu coração para ti.”, como se prepara o coração?

Reunião da Célula

1. Encontro

a. Enquanto as pessoas forem chegando, você pode deixar uma música de fundo rodando no ambiente. Isto ajuda a preparar o ambiente para célula e deixa mais descontraído.

b. Nunca deixe de dar muita atenção para os novos na célula. Eles precisam se sentir especiais (como realmente são).

c. Peça para as pessoas que trouxeram os visitantes, apresentarem estas pessoas. Receba a todos com muita expectativa e amor.

d. Quebra Gelo. Pergunta: Você é enfrentou uma situação em que não estava preparado? Conte esta experiência!

2. Exaltação

a. Se houver possibilidade, cante dois cânticos bem alegres. Se não há que toque um instrumento, seria interessante que se tenha um aparelho de som e se colocasse uma música pré-selecionada que todos possam cantar juntos. Pode ser até um celular.

b. A presença de Deus é que faz com que as pessoas sejam transformadas na célula. Então valorize este momento para todos entenderem que sobretudo a presença de Deus deve ser valorizada e desejada.

c. Ore pelo andamento da célula e por cada pessoa!

3. Edificação

a. O objetivo desta ministração é levar as pessoas da célula a entenderem que precisam deixar a Palavra de Deus aprofundar as raízes em seus corações. Muitas pessoas levam a vida cristã superficialmente e levianamente. Julgam e tomam decisões não pela Palavra de Deus, mas por suas tradições, emoções e por aquilo que lhes apraz. Só poderemos alcançar grandes coisas em Deus se nossa fé for provada e aprovada diante dos desafios!

b. Esta ministração precisa levar as pessoas a entenderem que sem a paixão pela Palavra de Deus não poderão subsistir quando o tempo de dificuldade vier. Mas quando nosso coração estiver preparado pela Palavra de Deus poderemos vencer os nossos maiores inimigos.

4. Evangelismo

a. Nesta ministração temos a oportunidade de sermos objetivos em falar como está a leitura e estudo da Palavra de Deus de cada pessoa de nossa célula. Agora podemos orar por cada um para que suas vidas sejam orientadas pela Palavra de Deus.

b. Ore sempre pelas necessidades das pessoas (pode fazer uso da cadeira da bênção para esta oração).

c. Aproveite para levar as pessoas que ainda não conhecem a Jesus a se entregarem a ele.

d. Ore pelas pessoas que estão na lista de oração. Faça algo criativo para as pessoas sentirem verdadeiramente que esta lista é muito importante.

e. Dê os avisos necessários.

f. Orem pela liderança da sua igreja e da Rede Apostólica.

g. NUNCA deixe de compartilhar os objetivos da célula, discutir como estão avançando nestes objetivos, estabelecer estratégias e orar por eles. Faça SEMPRE isto.

h. Não esqueça de fazer mensalmente a REUNIÃO FESTIVA para facilitar trazer novas pessoas para a célula. a. Um líder preparado

b. Pessoas suficientes para duas células.

Observação: Quem será o líder da célula com quem você multiplicará? Acompanhe seu treinamento. Gaste tempo separadamente com ele. Oriente ele para que gere discípulos dele e discipule pessoas. A célula só poderá multiplicar se houver 2 fatores:

a. Um líder preparado
b. Pessoas suficientes para duas células

22/11/2019

Veja Mais...

15/Nov/2019

O DEUS DO IMPOSSÍVEL.

 
01/Nov/2019

SEMEAR E COLHER.

 
18/Out/2019

O QUE DEUS LEVA EM CONTA.

 
22/Out/2019

FÉ PARA TODOS.