Rádio Online
 
 
pub
Home > Estudos > Estudos da Célula > OS AMALEQUITAS DE NOSSA VIDA

Estudos da Célula

OS AMALEQUITAS DE NOSSA VIDA
 

Os Amalequitas de Nossa Vida (Ricardo Wagner, Ap.)

Quando os israelitas saíram do Egito rumo à terra de Canaã depois de 430 anos (uma boa parte destes anos os hebreus estavam no Egito como escravos), enfrentaram muitos inimigos durante sua jornada. O primeiro inimigo que tiveram que enfrentar nesta jornada foram os Amalequitas. Leia Ex 17:8-16

As Escrituras nos mostram que as histórias escritas na Bíblia nos servem de exemplo para nossas vidas. I Co 10:11 diz: “Estas coisas lhes sobrevieram como exemplos e foram escritas para advertência nossa, de nós outros sobre quem os fins dos séculos têm chegado.”

A história do povo de Israel enfrentando este povo nômade e saqueador nos ensina muitas coisas. Esta batalha é muito significativa para nós hoje cristãos, pois também caminhamos em direção à “Canaã”, a terra prometida, às promessas de Deus para conosco. Conforme expressou o apóstolo Paulo na carta aos filipenses: “Mas a nossa pátria está nos céus, donde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo” (Fp 3.20).

A guerra contra Amaleque começou assim que Israel saiu do Egito e se libertou das mãos de Faraó. Semelhantemente, a nossa luta espiritual inicia assim que saímos da velha vida e iniciamos e saímos em direção às promessas de Deus para nós. Vamos analisar algumas coisas que podemos aprender nesta história de Israel contra os Amalequitas:

1. Os Amalequitas foram o primeiro entre os povos a entrar em batalha contra Israel quando estes saíram do Egito.

Amaleque foi o primeiro entre as nações, mas o seu fim será destruição” (Nm 24:20b NVI). Quando o povo de Israel estava no deserto “veio Amaleque e pelejou contra Israel em Refidim” (Ex 17:8).

Assim como Israel no caminho de Canaã, temos amalequitas que nos atacam desde o início de nossa caminhada em direção ao destino que Deus tem para conosco.

2. O objetivo dos ataques dos Amalequitas era que o povo retrocedesse e voltasse atrás.

Quando, entre outros povos, os israelitas viram os Amalequitas (Nm 13:29) disseram: “3 E por que nos traz o SENHOR a esta terra, para cairmos à espada e para que nossas mulheres e nossas crianças sejam por presa? Não nos seria melhor voltarmos para o Egito? 4 E diziam uns aos outros: Levantemos um capitão e voltemos para o Egito” (Nm 14:3-4).

Assim como os Amalequitas tinham como objetivo que o povo voltasse de onde vieram, os inimigos que enfrentamos em nossa caminhada querem que retrocedemos e abandonemos nossa caminhada com o Senhor e suas promessas.

3. A forma que Amaleque atacou os israelitas foi muito traiçoeira: atacaram na parte fraca de Israel.

Dt 25:17-18 – “17 Lembra-te do que te fez Amaleque no caminho, quando saías do Egito; 18 como te veio ao encontro no caminho e te atacou na retaguarda todos os desfalecidos que iam após ti, quando estavas abatido e afadigado; e não temeu a Deus.”

Quando iniciamos nossa caminhada com Deus, os nossos inimigos amalequitas nos atacam em nossas fraquezas: falta de recursos, vida sexual desordenada, sentimentos de rejeição, derrotas interiores, problemas na família, dúvidas, medos, etc. A Palavra de Deus diz: “haverá guerra do Senhor contra Amaleque de geração em geração” (Ex 17:16). Sempre que começamos andar com Deus surgirão os amalequitas para nos destruir em nossas fraquezas.

PERGUNTAS: Quando você iniciou sua caminhada com Deus, surgiram os seus amalequitas? Quem são eles?

4. A forma como os Israelitas venceram os Amalequitas foi lutando contra ele, mas sempre buscando em Deus.

Ex 17:11 – “Quando Moisés levantava a mão, Israel prevalecia; quando, porém, ele abaixava a mão, prevalecia Amaleque.”

Da mesma forma que os Amalequitas foram derrotados por Moisés, também derrotamos nossos amalequitas: lutando contra nossas fraquezas buscando o Senhor que nos dá a vitória. Sozinhos nunca vamos vencer. Precisamos sempre buscar nosso Deus em oração e comunhão para aniquilarmos os amalequitas que querem nos derrotar fazer que retrocedamos.

Conclusão. Não desista de lutar contra eles. Os Amalequitas retornaram muitas vezes para destruir os Israelitas, mas eles eram firmes em suas batalhas. Deus promete se perseverarmos em nossas lutas, os amalequitas serão destruídos para sempre pois ele assim o disse: “teu Deus ... apagará a memória de Amaleque de debaixo do céu” (Dt 25:19).

PERGUNTAS: Você já teve a experiência de vencer algum amalequita em sua vida? Conte esta experiência!

Reunião da Célula

1. Encontro

a. Peça para as pessoas que trouxeram os visitantes, apresentarem estas pessoas. Receba a todos com muita expectativa e amor.

b. É sempre importante que as novas pessoas possam levar alguma lembrança da primeira célula que vieram. Organize para sempre ter alguma lembrança para os visitantes que possa deixar marcado em suas vidas.

c. Quebra Gelo. Pergunta: Aqui no Brasil se diz: “o ano começa depois do Carnaval!” Como este é o Ano do Rompimento, em que você deseja romper neste novo ciclo?

2. Exaltação

a. Se houver possibilidade, cante dois cânticos bem alegres. Se não há que toque um instrumento, seria interessante que se tenha um aparelho de som e se colocasse uma música pré-selecionada que todos possam cantar juntos. Pode ser até um celular.

b. Lembrem que o louvou é algo que causa confusão na trincheira do inimigo. Então, dentro da possibilidade, com cânticos ou com orações, exalte a Deus e a Jesus e com isto a glória de Deus se manifestará na célula.

3. Edificação

a. Esta ministração quer mostrar que quando iniciamos um novo ciclo sempre teremos amalequitas que tentarão nos parar e fazer retroceder. Todos precisam saber que se perseverarmos contra estes amalequitas Deus nos garante que eles serão aniquilados.

b. Através das perguntas desafie todos a avançarem em suas batalhas contra os amalequitas que aparecem em nossa caminhada as promessas de Deus.

4. Evangelismo

a. Conforme as pessoas compartilharam nas perguntas, ore para que todos tenham força em Deus para vencerem os amalequitas que surgem na caminhada.

b. Ore por todas as pessoas da célula para cada dia sejam mais aquilo que Deus deseja que sejam.

c. Aproveite para levar as pessoas que ainda não conhecem a Jesus a se entregarem a ele.

d. Ore pelas pessoas que estão na lista de oração. Faça algo criativo para as pessoas sentirem verdadeiramente que esta lista é muito importante.

e. Dê os avisos necessários.

f. Orem pela liderança da sua igreja e da Rede Apostólica.

g. NUNCA deixe de compartilhar os objetivos da célula, discutir como estão avançando nestes objetivos, estabelecer estratégias e orar por eles. Faça SEMPRE isto.

Observação:

Lembre que a saúde de uma célula está baseada nos relacionamentos. De alguma forma crie maneiras que os relacionamentos sejam fortalecidos por encontros para viver as coisas simples do dia a dia. Tipo fazer uma janta juntos, festejar aniversário, olhar um filme juntos ....

04/03/2019

Veja Mais...

25/Fev/2019

QUEM SOMOS.

 
18/Fev/2019

O PODER DA GRATIDÃO 2.

 
11/Fev/2019

CEDO ESQUECERAM.

 
29/Out/2018

A ORAÇÃO DE JABEZ.