Rádio Online
 
 
pub
Home > Estudos > Estudos da Célula > O QUE SIGNIFICA PEQUENA FÉ

Estudos da Célula

O QUE SIGNIFICA PEQUENA FÉ
 

O Que Significa Pequena Fé! (Ricardo Wagner, ap.) 

Vamos iniciar vendo o que a Bíblia nos ensina sobre o que Deus é:

a. Deus é espírito – aparece uma vez na Bíblia em Jo 4:24
b. Deus é luz – aparece uma vez na Bíblia em I Jo 1:5
c. Deus é amor – aparece duas vezes na Bíblia:

- I Jo 4:8 – “Aquele que não ama não conhece a Deus, pois Deus é amor.”

- I Jo 4:16 – “Deus é amor, e aquele que permanece no amor permanece em Deus, e Deus, nele.”

De todas as formas que Deus é descrito na Bíblia, amor é o conceito mais importante, pois todos outros conceitos aparecem apenas uma vez na Bíblia, enquanto que o conceito que Deus é amor aparece duas vezes.

A palavra “amor” em sua origem hebraica procede da palavra dar/doar. Assim, o conceito de Deus para amor é dar. Isto é expresso no versículo de Jo 3:16 – “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” Então se Deus é amor, sua natureza é de dar. Deus é um doador por natureza, por conceito. Se Deus não der ele deixa de ser Deus, pois amar é dar, e Deus é amor.

Por outro lado, aprendemos na Bíblia que crer é sinônimo de receber. Isto aprendemos em Jo 1:12 (TB) – “Mas a todos os que o receberam, aos que creem em seu nome, deu ele o direito de se tornarem filhos de Deus”. Neste verso receber e crer são usados com o mesmo significado. Assim crer significa receber. Aquele que crê é aquele que se apropria daquilo que Deus dá!

PERGUNTAS: Você já tinha se dado conta que Deus por natureza é um doador? E que crer significa se apropriar daquilo que Deus nos dá? Como isto pode fazer diferença em nossa vida?

Jesus falou 4 vezes que seus discípulos tinham pouca ou pequena fé. Com base nos conceitos acima podemos entender que mesmo diante de suas necessidades eles não estavam se apropriando daquilo que estava a sua disposição em Deus.

1. Mt 6:30 – “Ora, se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós outros, homens de pequena fé?”

Neste texto Jesus estava discorrendo o cuidado que ele tem com os lírios no campo e com os pássaros e mostra que os homens não precisavam ficar ansiosos, pois Deus cuidaria deles. Jesus atribuiu que eram de pequena fé, pois não apossavam-se do que Deus tinha para eles,.

2. Mt 8:26 – “Perguntou-lhes, então, Jesus: Por que sois tímidos, homens de pequena fé? E, levantando-se, repreendeu os ventos e o mar; e fez-se grande bonança.”

Esta expressão de Jesus aconteceu quando os discípulos estavam passando por uma tempestade no mar da Galiléia, quase que naufragando, desesperados pensando que iriam morrer enquanto Jesus estava ali para acalmar os ventos.

3. Mt 14:31-32 – “E, prontamente, Jesus, estendendo a mão, tomou-o e lhe disse: Homem de pequena fé, por que duvidaste? Subindo ambos para o barco, cessou o vento.”

Neste evento Jesus chamou Pedro para andar por sobre as águas. Pedro primeiramente creu e foi ao encontro de Jesus, mas reparando nas circunstâncias acabou por afundar. Pedro não se apoderou completamente da palavra que Jesus havia lhe falado.

4. Mt 16:8 – “Percebendo-o Jesus, disse: Por que discorreis entre vós, homens de pequena fé, sobre o não terdes pão?”

Jesus repreendeu seus discípulos neste momento, pois eles estavam preocupados, pois não tinham trazido alimento para a jornada, enquanto há pouco tempo atrás Jesus havia alimentado uma multidão.

O que realmente Jesus estava querendo dizer aos seus discípulos quando os repreendia dizendo que tinham “pequena fé”? Ele estava dizendo a eles: “Eu estou tão cheio de suprimentos/provisão/ajuda para vocês; por que vocês se apropriam de tão pouco daquilo que eu lhes dou?” Da mesma sorte nosso problema com a fé é que nos apossamos/apropriamos/recebemos muito pouco com relação àquilo que o Senhor já nos deu.

Conclusão: Nossa fé é pequena quando nos apropriamos/tomamos/recebemos pouco daquilo que Deus nos coloca à disposição. Quando recebemos pouco dele para as nossas necessidades, temos que buscar em outro lugar. Isso significa que nossa fé está em alguém ou em alguma outra coisa e Deus é apenas um “último recurso”. Este não deveria ser o caso. Deus deve sempre vir primeiro. O homem irá falhar e desapontá-lo, mas Deus nunca!

PERGUNTAS: Olhando para sua vida, que tamanho tem sua fé? Você tem uma experiência de ter se apropriado do suprimento de Deus e ter recebido a resposta? O que podes fazer para aumentar sua fé?

Reunião da Célula

 1.      Encontro

a. O quebra gelo serve para deixar as pessoas bem a vontade. Mas podemos aproveitar para conhecer melhor as pessoas e saber coisas importantes sobre suas vidas. Este também é um momento especial para todas as pessoas perceberem que todos são muito semelhantes e passam por situações muito parecidas.

 b. Peça para as pessoas que trouxeram os visitantes, apresentarem estas pessoas. Receba a todos com muita expectativa e amor.

c. Quebra Gelo. Pergunta: Qual foi o momento de maior necessidade/dificuldade em sua vida?

2.      Exaltação

a. Se houver possibilidade, cante dois cânticos bem alegres. Se não há que toque um instrumento, seria interessante que se tenha um aparelho de som e se colocasse uma música pré-selecionada que todos possam cantar juntos. Pode ser até um celular.

b. Deixe as pessoas falarem um pouco sobre como estão percebendo o início deste novo ano.

c. De acordo com aquilo que as pessoas compartilharam, ore para que esta reunião de célula seja um divisor de águas em suas vidas.

3.      Edificação

a. O objetivo desta ministração é desafiar as pessoas a desenvolverem sua fé e receberem aquilo que Deus tem dado para suas vidas. Por isto mostre as pessoas que Deus é sobretudo um Deus doador.

b. As perguntas são de extrema importância na ministração. Elas é que fazem com que a Palavra se torne realidade na vida das pessoas.

4.      Evangelismo

a. Neste momento leve as pessoas a desenvolverem sua fé se apropriando daquilo que Deus tem para suas vidas e vivendo de acordo com esta fé. Ore para que o povo cresça na fé e tenha experiências com Deus.

b. Aproveite para levar as pessoas que ainda não conhecem a Jesus a se entregarem a ele.

c. Ore pelas pessoas que estão na lista de oração. Faça algo criativo para as pessoas sentirem verdadeiramente que esta lista é muito importante.

d. Dê os avisos necessários.

e. Orem pela liderança da sua igreja e da Rede Apostólica.

Observação:

a. Os objetivos são a base para aquilo que fazemos. Você e toda sua célula precisam estar focadas nos objetivos para este ano. SEMPRE compartilhe com a célula os objetivos para todos estarem mobilizados na mesma direção.

b. Uma igreja em célula não se fundamenta em eventos, mas em relacionamentos. Se os membros da célula se encontram apenas nas reuniões da célula, esta será uma célula fraca. Quanto maior os relacionamentos fora da reunião da célula maior serão os resultados. Por isto organize momentos que vocês possam se encontrar fora da reunião da célula.

 

Link PDF: https://www.dropbox.com/s/x7ts8wd513xm30y/O%20Que%20Significa%20Pequena%20F%C3%A9%20%28c%C3%A9lulas%29.pdf?dl=0


28/01/2019

Veja Mais...

07/Jan/2019

DEUS PODEROSO.

 
04/Jun/2018

A SEGUNDA CHANCE.

 
11/Jun/2018

O DESCANSO DE DEUS.