Rádio Online
 
 
pub
Home > Estudos > Estudos da Célula > MILAGRES PARA TODOS

Estudos da Célula

MILAGRES PARA TODOS
 

Milagres para Todos (Ricardo Wagner, ap.)

No Velho Testamento Deus deu ao povo de Israel 613 Leis. Da obediência destas Leis dependia a bênção sobre o povo. Quando obedeciam às Leis eram abençoados (Dt 28:1-14). Quando desobedeciam eram amaldiçoados (Dt 28: 15-68). As bênçãos de Deus no Velho Testamento para com o povo de Israel eram decorrentes da justiça que vinha da obediência a Lei. A obediência a Lei fazia o povo merecer as bênçãos de Deus. Desobedecendo as Leis eles não eram dignos de receber as bênçãos.

No Velho Testamento não havia o conceito da graça de Deus a todos homens independente do que fazem ou deixam de fazer. Diferentemente da época do Velho Testamento, hoje as bênçãos de Deus estão disponíveis a todos os homens. A justiça para receber estas bênçãos não vem mais de nosso mérito em obedecer a Lei, mas do mérito de Jesus ter sido obediente até a morte de cruz (Fp 2:8). Esta é a graça disponível a todos homens. Como a obediência de Jesus foi completa, as bênção disponíveis são infinitas, disponíveis a todo aquele que crê. A fé é que nos dá acesso a estas bênçãos infinitas.

Entendendo melhor. Jesus abençoou as pessoas não obstante se eram obediantes ou não a Deus. O amor de Deus alcançou todas as pessoas por aquilo que Jesus fez. O mérito é de Jesus e as bênçãos são para todos os homens. A justiça que nos dá direito as bênçãos de Deus foi cumprida através da obra de Jesus na cruz.

Quando da vinda de Jesus a esta terra, durante seu ministério e dos primeiros apóstolos, todos aqueles que receberam os milagres, receberam apenas pela fé. Jesus nunca pediu se eram obedientes ou se tinham feito algo por merecer os milagres. Este não era mais o requisito para receber as bênçãos, pois Jesus já tinha cumprido com este requisito. Agora a única coisa necessária para acessar os milagres é crer que todas as bênçãos já nos estão disponíveis pela obra de Jesus.

Vamos ver alguns exemplos de pessoas que não eram dignas de receber, mas receberam seus milagres somente pela fé.

a. Jesus libertou a filha da mulher siro-fenícia que era adoradora de falsos deuses (os siro fenícios eram adoradores de Baal e Astarote) – Mc 7:24-30

b. Jesus curou o servo do centurião romano que nem sequer era judeu – Mt 8:5-13

c. Jesus libertou o gadereno de uma legião de demônios (provavelmente era adorador de Zeus, pois em Gadara o deus Zeus era adorado) – Mc 5:1-20

d. Paulo quando chegou a cidade de Listra curou um coxo apesar deste povo ser adorador dos deuses romanos Júpiter (Zeus) e Mercúrio (Hermes) – At 14:8-18

PERGUNTAS: O que estes exemplos nos mostram? Do que depende os milagres? Sabendo destas coisas, isto nos inspira a avançarmos e levar os milagres de Deus a todos que estão sofrendo? Como podemos fazer isto?

Jesus não fez acepção curando apenas algumas pessoas especiais. Quando em seu ministério terreno, Jesus curou a todos que vieram até ele. Nunca vimos Jeus negar-se em curar alguém ou deixar de curar aqueles que se aproximavam dele. Temos 17 relatos na Bíblia nos mostrando que Jesus curava a todas as pessoas que se aproximavam dele. Em nenhum deles vemos Jesus exigindo obediência antes de curá-los. Uma coisa só era necessária: fé! Vejamos alguns destes relatos:

a. Mt 4:23-24 NTLH – “As notícias a respeito dele (Jesus) se espalharam por toda a região da Síria. Por isso o povo levava a Jesus pessoas que sofriam de várias doenças e de todos os tipos de males, isto é, epiléticos, paralíticos e pessoas dominadas por demônios; e ele curava todos.”

b. Mt 8:16 – “Chegada a tarde, trouxeram-lhe muitos endemoninhados; e ele meramente com a palavra expeliu os espíritos e curou todos os que estavam doentes.”

c. Mt 9:35 NVI – “Jesus ia passando por todas as cidades e povoados, ensinando nas sinagogas, pregando as boas novas do Reino e curando todas as enfermidades e doenças.”

d. Mt 12:15 – “Mas Jesus, sabendo disto, afastou-se dali. Muitos o seguiram, e a todos ele curou.”

e. Mt 15:31 NTLH – “E foram até Jesus grandes multidões levando coxos, aleijados, cegos, mudos e muitos outros doentes, que eram colocados aos seus pés. E ele curou todos.”

f. Mc 6:55-56 NVI – “Eles percorriam toda aquela região e levavam os doentes em macas, para onde ouviam que ele estava. E aonde quer que ele fosse, povoados, cidades ou campos, levavam os doentes para as praças. Suplicavam-lhe que pudessem pelo menos tocar na borda do seu manto; e todos os que nele tocavam eram curados.”

g. Lc 6:17-19 – “E, descendo ... encontravam ... grande multidão do povo, de toda a Judéia, de Jerusalém e do litoral de Tiro e de Sidom, que vieram para o ouvirem e serem curados de suas enfermidades; também os atormentados por espíritos imundos eram curados. E todos da multidão procuravam tocá-lo, porque dele saía poder; e curava todos.

PERGUNTAS: Agora, diante destas palavras, você crê que os milagres de Deus estão disponíveis a todas as pessoas, inclusive para você? Ou se acha indigno de receber algo de Deus por ter feito algo que o condene?

Reunião da Célula

1. Encontro

a. Enquanto as pessoas forem chegando, você pode deixar uma música de fundo rodando no ambiente. Isto ajuda a preparar o ambiente para célula e deixa mais descontraído.

b. Nunca deixe de dar muita atenção para os novos na célula. Eles precisam se sentir especiais (como realmente são).

c. Peça para as pessoas que trouxeram os visitantes, apresentarem estas pessoas. Receba a todos com muita expectativa e amor.

d. Quebra Gelo. Pergunta: Você já ganhou um prêmio por algum motivo, por ter se destacado, ter sido obediente aos pais, por ter alcançado um objetivo, por ter feito algo bem feito, ou por qualquer outro motivo? Conte esta experiência!

2. Exaltação

a. Se houver possibilidade, cante dois cânticos bem alegres. Se não há que toque um instrumento, seria interessante que se tenha um aparelho de som e se colocasse uma música pré-selecionada que todos possam cantar juntos. Pode ser até um celular.

b. A presença de Deus é que faz com que as pessoas sejam transformadas na célula. Então valorize este momento para todos entenderem que sobretudo a presença de Deus deve ser valorizada e desejada.

c. Peça para algumas pessoas orarem clamando pela presença de Deus no decorrer da célula!

3. Edificação

a. O objetivo desta ministração é levar as pessoas a crerem que as bênçãos que precisam estão disponíveis em Deus e que não há nada que impeça de recebermos aquilo que necessitamos.

b. Muitas pessoas acham-se indignas de receber as bênçãos e milagres de Deus por não merecerem. Deixe claro que não recebemos as bênçãos de Deus por nosso mérito, mas pelo mérito de Jesus. Mesmo não merecendo por não termos sido obedientes ou por termos feito tantas coisas erradas, isto não nos impede de receber a graça de Deus.

c. Todos os que se aproximaram de Jesus receberam conforme suas necessidades. Nesta célula as pessoas precisam sair com a visão que podem liberar os milagres para todas as pessoas e todos receberão e assim virão a Jesus. 

4. Evangelismo

a. Ore pelas pessoas para que todos recebam conforme suas necessidades. Nesta célula há uma unção para vermos milagres acontecerem.

b. Ore sempre pelas necessidades das pessoas (pode fazer uso da cadeira da bênção para esta oração).

c. Aproveite para levar as pessoas que ainda não conhecem a Jesus a se entregarem a ele.

d. Ore pelas pessoas que estão na lista de oração. Faça algo criativo para as pessoas sentirem verdadeiramente que esta lista é muito importante.

e. Dê os avisos necessários.

f. Orem pela liderança da sua igreja e da Rede Apostólica.

g. NUNCA deixe de compartilhar os objetivos da célula, discutir como estão avançando nestes objetivos, estabelecer estratégias e orar por eles. Faça SEMPRE isto.

h. Não esqueça de fazer mensalmente a REUNIÃO FESTIVA para facilitar trazer novas pessoas para a célula.

Observações:

Envolva todas as pessoas da célula para alcançarem os objetivos da célula. Não deixe que o objetivo esteja só com os líderes. O objetivo deve ser de todos.

06/08/2019

Veja Mais...

30/Jul/2019

O GRANDE LEGADO.

 
22/Jul/2019

COISAS NOVAS.

 
09/Jul/2019

A PALAVRA CRIATIVA.