Rádio Online
 
 
pub
Home > Estudos > Estudos da Célula > CRIANÇAS, MENINOS E ADULTOS - PARTE 2

Estudos da Célula

CRIANÇAS, MENINOS E ADULTOS - PARTE 2
 

Encontro (10 min): Receba as pessoas com alegria

Quebra-gelo: Fale um de seus pontos fortes.

Exaltação (10 min): Cantem dois ou três cânticos alegres.

Edificação (30 min): Crianças, Meninos ou Adultos? (Parte 2)

Texto Base

Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino. (1 Coríntios 13:11)

Introdução

Na ministração anterior, falamos sobre as características de crianças que agradam a Deus. Agora falaremos das atitudes que são similares a de um menino, e que são reprovadas pelo Eterno.

PERGUNTA: Qual a atitude de um menino que você mais reprova?

1. Características de meninos que são reprovadas.

A. Não podemos ser meninos na maneira de falar. Meninos falam daquilo que não leva a nada. Falam de coisas improdutivas. Jogam conversa fora.

B. Os meninos são egoístas. Pensam que o mundo gira a seu redor. Querem ser amados, mas não amam. Só pensam neles mesmos. As atitudes são egoístas.

C. Os meninos querem uma gratificação imediata. Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te. (2 Timóteo 3:1-5). Sabemos que tudo na vida tem um tempo de preparação, trabalho, para depois vir o resultado.

D. Se as coisas não saem como querem, vão embora. Muitos cristãos dizem: se não é como eu quero, vou embora da Igreja.

E. Tem a tendência de perder tempo. Ficam em frente ao computador, ou celular. Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, Remindo o tempo; porquanto os dias são maus. Por isso não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor. (Efésios 5:15-17).

F. São facilmente influenciados. Irmãos, não sejais meninos no entendimento, mas sede meninos na malícia, e adultos no entendimento. (1 Coríntios 14:20). E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores, Querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo; Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo, Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente. (Efésios 4:11-14). Não tem discernimentos.

G. Meninos são levados pelas emoções e sentimentos. Meninos em sua vida de fé querem chamar toda atenção ao que fazem, e não para glorificar o nome de Deus acima de todas as coisas. A quem, pois, compararei os homens desta geração, e a quem são semelhantes? São semelhantes aos meninos que, assentados nas praças, clamam uns aos outros: Tocamos-vos flauta, e não dançastes; cantamos lamentações, e não chorastes. (Lucas 7.31,32)

H. Meninos têm mentes impuras, não andam em santidade. Irmãos, não sejais meninos no entendimento, mas sede meninos na malícia, e adultos no entendimento. (1 Coríntios 14.20) . É a única vez que a palavra diz que devemos ser infantis (grego para meninos = nepiazo, que significa infantil), é sobre a malícia.

I. Meninos, não valorizam o entendimento e conhecimento das coisas de Deus.

J. Meninos não são livres das paixões da mocidade. Uma das marcas mais comuns num menino na fé, é que não consegue ser livre dos pecados, o que o faz escravo espiritualmente. Assim também nós, quando éramos meninos, estávamos reduzidos à servidão, debaixo dos rudimentos do mundo. (Gálatas 4.3)

2. Expectativa de um homem. Segundo a bíblia, alguém que é homem na sua vida de fé, tem características especificas. Quando eu era menino (nepios = infantil), falava como menino, pensava como menino e raciocinava como menino. Quando me tornei homem (aner = distinguir um homem de um garoto), deixei para trás as coisas de menino. (1 Coríntios 13:11).

A. O apóstolo Paulo está falando de amor no contexto de Coríntios 13. Logo, concluímos que uma pessoa que deixou de ser menino na fé, para agir como homem, toma suas decisões baseadas em amor. Jesus nos deixou claro, as decisões dele foram em função do amor que Ele tinha por Deus. Quanto você ama a Deus?

B. Aquele que se posiciona quanto à revelação e visão que Deus dá. Meninos inconstantes não têm revelação e visão do que Deus tem para fazer. Estão preocupados apenas com suas necessidades pessoais. Homens e mulheres maduros na fé agem de acordo coma visão e revelação que tem de Deus. Meninos se deixam levar por conceitos que distorcem a palavra. Homens e mulheres maduros de Deus, não negociam os princípios do Reino! E Ele nos deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores, tendo em vista o aperfeiçoamento dos santos para o desempenho do ministério, para a edificação do corpo de Cristo, até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, à perfeita varonilidade, à medida da estrutura da plenitude de Cristo, para que não sejamos mais meninos, inconstantes, levados ao redor por todo vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia induzem a erro. (Efésios 4.11-14).

C. Andam em unidade. A maturidade nos leva a dialogar, ao invés de tomar uma decisão unilateral, influenciada pelas emoções. Pessoas maduras aprendem a se identificar com outros, não tendo um pensamento egoísta, por isso conseguem andar em unidade!

Conclusão e Aplicação:

Pergunta: Com quais características você se identifica mais?

Nossa oração deve se alinhar com a declaração do apóstolo Paulo: “...deixei as coisas de menino...”.

Evangelismo (10 min): falem das metas de multiplicação, eventos de colheita e listas de intercessão por novos convertidos.

Estevão Wagner, apóstolo

20/03/2017

Veja Mais...

19/Dez/2016

MATADOR DE GIGANTES.

 
12/Dez/2016

O PODER DA GRATIDÃO.

 
28/Nov/2016

FAMINTOS PELA GLÓRIA!.

 
25/Out/2016

DOCE COMO O MEL!.