Rádio Online
 
 
pub
Home > Estudos > Estudos da Célula > CHAMAR AS COISAS QUE NÃO SÃO COMO SE JÁ FOSSEM

Estudos da Célula

CHAMAR AS COISAS QUE NÃO SÃO COMO SE JÁ FOSSEM
 

Chamar as Coisas Que Não São Como Se Já Fossem (Ricardo Wagner, ap.)

Uma das características de nosso Deus é que ele á o criador de todas as coisas. Muitos podem transformar coisas. Somente Deus pode criar:

Gn 2:3 – “E abençoou Deus o dia sétimo e o santificou; porque nele descansou de toda a obra que, como Criador, fizera.”

Como Ele é o Criador, nós podemos nos apoiar nele em meio a nossas dificuldades, pois Ele pode criar uma solução, uma vez que Ele é Criador de todas as coisas:

Sl 124:8 – “O nosso socorro está em o nome do SENHOR, criador do céu e da terra.”

Ele ainda está trabalhando e criando coisas. Por isto é que ele faz milagres e coisas que só podemos esperar dEle:

Is 40:28-31 – “28 Não sabes, não ouviste que o eterno Deus, o SENHOR, o Criador dos fins da terra, nem se cansa, nem se fatiga? Não se pode esquadrinhar o seu entendimento. 29 Faz forte ao cansado e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor. 30 Os jovens se cansam e se fatigam, e os moços de exaustos caem, 31 mas os que esperam no SENHOR renovam as suas forças, sobem com asas como águias, correm e não se cansam, caminham e não se fatigam.”

Deus criou todas as coisas pela sua Palavra (Gn 1:3 – “Disse Deus: Haja luz; e houve luz”). As palavras foram ditas antes que as coisas viessem à existência. A coisas só vieram a existência quando as palavras foram ditas. Para que coisas novas venham a acontecer elas precisam ser ditas antecipadamente. Nada de novo é criado sem que palavras tenham sido liberadas antecipadamente.

Is 42:9 – “Eis que as primeiras predições já se cumpriram, e novas coisas eu vos anuncio; e, antes que sucedam, eu vo-las farei ouvir.”

Como fomos criados a imagem e semelhança de Deus temos igualmente a capacidade de sermos criadores de novas realidades. Para gerarmos algo novo em Deus, precisamos liberar antes as palavras proféticas.

Pessoas que falam só de coisas passadas ou presentes não criam nada, apenas comentam de coisas que estão acontecendo ou já aconteceram e reforçam o ambiente e as situações existentes com suas palavras. Se quisermos coisas novas precisamos gerá-las antecipadamente falando e liberando a palavra para que estas novas coisas venham a existência.

PERGUNTAS: Como você percebe as conversas das pessoas? Elas falam constantemente de coisas passadas e presentes ou falam sobre coisas futuras. E quando falam de coisas futuras, falam de coisas boas ou ruins?

Vejamos um exemplo bíblico!

A esposa de Abraão era estéril. Sara não podia ter filhos. Já estava com 89 anos (e Abraão com 99 anos) quando Deus veio e mudou o nome de Abrão (que significa “pai exaltado”) para Abraão (que significa “pai de multidões”) apesar de Abrão não ter um filho com sua esposa Sara.

Gn 17:5-8 – “5 Abrão já não será o teu nome, e sim Abraão; porque por pai de numerosas nações te constituí. 6 Far-te-ei fecundo extraordinariamente, de ti farei nações, e reis procederão de ti. 7 Estabelecerei a minha aliança entre mim e ti e a tua descendência no decurso das suas gerações, aliança perpétua, para ser o teu Deus e da tua descendência. 8 Dar-te-ei e à tua descendência a terra das tuas peregrinações, toda a terra de Canaã, em possessão perpétua, e serei o seu Deus.”

Vemos neste texto que apesar de Abrão ainda não ter filhos, Deus já falou de uma nova realidade na vida dele através de uma mudança do seu nome, confirmando que ele teria uma grande descendência. Nada disto ainda era realidade, mas a palavra foi liberada para que uma nova realidade fosse criada e estabelecida.

Quando apóstolo Paulo descreve esta experiência explicando o mecanismo da fé ele diz:

Rm 4:17b NVI – “Deus que dá vida aos mortos e chama à existência coisas que não existem, como se existissem.”

Rm 4:17b ARC – “Deus, o qual vivifica os mortos e chama as coisas que não são como se já fossem.”

Paulo nos ensina aqui que Deus já definia Abrão como “Pai de Multidões” e que sua posteridade era como as estrelas do céu e a areia do mar, antes que a coisa de fato existisse, antes dele ter um filho com Sara. Deus chamou o que não era como se já fosse. Ele falou sobre coisas futuras como se fossem realidade.

Se quisermos criar e experimentar coisas boas, novas e diferentes temos que cuidar daquilo que falamos para que possamos experimentar dias bons no futuro! Nossas palavras criam uma nova realidade. Temos que aprender a viver profeticamente, declarando as coisas do futuro, antes mesmo que sejam realidade, como se já fossem!

I Pe 3:10 – “Pois quem quer amar a vida e ver os dias bons refreie a sua língua do mal, e os seus lábios não falem engano.”

PERGUNTAS: Diante das promessas de Deus, qual sua expectativa do futuro? O que você fala do futuro? O que você já vê como realidade no futuro e fala como se já existisse?

Reunião da Célula

1. Encontro

a. Enquanto as pessoas forem chegando, você pode deixar uma música de fundo rodando no ambiente. Isto ajuda a preparar o ambiente para célula e deixa mais descontraído.

b. Nunca deixe de dar muita atenção para os novos na célula. Eles precisam se sentir especiais (como realmente são).

c. Peça para as pessoas que trouxeram os visitantes, apresentarem estas pessoas. Receba a todos com muita expectativa e amor.

d. Quebra Gelo: Pergunta: Cite uma coisa de bom que você espera que aconteça em seu futuro!

2. Exaltação

a. Se houver possibilidade, cante dois cânticos bem alegres. Se não há que toque um instrumento, seria interessante que se tenha um aparelho de som e se colocasse uma música pré-selecionada que todos possam cantar juntos. Pode ser até um celular.

b. A presença de Deus é que faz com que as pessoas sejam transformadas na célula. Então valorize este momento para todos entenderem que sobretudo a presença de Deus deve ser valorizada e desejada.

c. Ore pelo andamento da célula e por cada pessoa!

3. Edificação

a. Estamos num ano de coisas intensas. Intensas em todos os sentidos. Por isto precisamos aprender a trazer a existência as coisas grandes de nosso Deus. Para isto precisamos ter a palavra profética viva em nossos lábios.

b. Esta ministração tem como objetivo levar cada membro de nossas células a viver literalmente pela fé. Mesmo que não vejam as coisas pelo olhos naturais, já estejam vendo pelos olhos da fé e comecem a falar e viver conforme as novas coisas que estão sendo geradas.

II Co 5:7 – “Porque vivemos por fé, e não pelo que vemos.”

4. Evangelismo

a. Ore para que cada pessoa possa criar seu futuro antes mesmo que ele exista de fato. Criar o futuro que Deus tem destinado a cada um mesmo que não possa ver nada ainda. Ajude a cada um a criar uma nova realidade pela fé!

b. Ore sempre pelas necessidades das pessoas (pode fazer uso da cadeira da bênção para esta oração).

c. Aproveite para levar as pessoas que ainda não conhecem a Jesus a se entregarem a ele.

d. Ore pelas pessoas que estão na lista de oração. Faça algo criativo para elas sentirem verdadeiramente que esta lista é muito importante.

e. Dê os avisos necessários.

f. Orem pela liderança da sua igreja e da Rede Apostólica.

g. NUNCA deixe de compartilhar os objetivos da célula, discutir como estão avançando nestes objetivos, estabelecer estratégias e orar por eles. Faça SEMPRE isto.

h. Não esqueça de fazer mensalmente a REUNIÃO FESTIVA para facilitar trazer novas pessoas para a célula.

Observação: A célula é uma das coisas mais fabulosas na vida de uma pessoa. Viver uma célula é algo muito revitalizante. Se sua célula não tem sido desta maneira, algo não está certo. Analise e veja o que pode estar impedindo as pessoas de viverem esta linda experiência e corrija os rumos! Nunca desista!

22/06/2020

Veja Mais...

29/Jun/2020

SEJA FORTE E CORAJOSO.

 
27/Abr/2020

SHALOM, SHALOM!.

 
04/Mai/2020

O DESAFIO DOS VALES.

 
11/Mai/2020

A FÉ DE BARTIMEU.

 
18/Mai/2020

OS OLHOS DA ALMA.