Rádio Online
 
 
pub
Home > Estudos > Estudos da Célula > AS MULHERES DA GENEALOGIA DE JESUS

Estudos da Célula

AS MULHERES DA GENEALOGIA DE JESUS
 

As Mulheres da Genealogia de Jesus (Ricardo Wagner, ap.)

A Bíblia além de ser o livro que revela Deus ao homem também é um livro de heróis. Homens e mulheres comuns que debaixo do poder de Deus fizeram proezas. Normalmente nos referimos aos homens como Noé, Abraão, Jacó, José, Moisés, Josué, Davi, Salomão, Pedro, Paulo entre tantos outros. Mas temos também uma relação de mulheres que fizeram proezas:

a. Débora - Ela foi uma profetisa que Deus usou para revelar sua vontade ao seu povo. Deus também a usou para resolver problemas que existiam entre os israelitas (Jz 4:4,5). Débora corajosamente apoiou o povo de Deus. Seguindo a orientação Dele, ela convocou Baraque para liderar o exército israelita numa guerra contra os cananeus. Quando Baraque pediu que Débora fosse junto com ele para a batalha, ela teve coragem e aceitou prontamente (Jz 4:6-9).

b. Miriã - Era a irmã de Moisés e de Arão. Foi a primeira mulher na Bíblia a ser chamada de profetisa. Tinha uma posição importante em Israel e cantou um cântico de vitória junto com os homens depois que Deus destruiu o exército egípcio no Mar Vermelho (Ex 15:1,20-21). Deus mencionou o privilégio especial que ela teve: “Eu enviei à sua frente Moisés, Arão e Miriã” (Mq 6:4).

c. Ester - Era uma mulher judia que foi escolhida pelo rei persa Assuero para ser sua rainha. Ester usou a influência que tinha como rainha para impedir o extermínio do seu povo. Ela descobriu que havia sido emitido um decreto oficial que especificava um dia em que todos os judeus que viviam no Império Persa seriam mortos. Com a ajuda de Mordecai, seu primo mais velho, Ester revelou o plano ao seu marido, o rei Assuero, mesmo correndo risco de vida. (Et 4:10-16; 7:1-10) Daí, o rei Assuero permitiu que Ester e Mordecai emitissem um outro decreto, autorizando os judeus a se defenderem. Os judeus derrotaram os seus inimigos com sucesso (Et 9:16,17).

PERGUNTAS: Você conhece mais mulheres que fizeram a história descritas na Bíblia? Quem? Quando Mateus descreve a genealogia de Jesus (Mt 1:1-16) ele insere apenas 3 mulheres (além de Maria, mãe de Jesus) em toda sua descrição: Tamar (v.3), Raabe (v.5) e Rute (v.5). Apesar de serem 42 gerações, Mateus faz questão de apresentar apenas estas mulheres em toda genealogia! Mais interessante ainda é que estas 3 mulheres não eram israelitas e tinham um histórico de vida manchada.

1. Raabe - Ela era uma prostituta que vivia em Jericó, uma cidade cananeia. Mas ela se tornou adoradora do verdadeiro Deus e escondeu dois israelitas que estavam espionando a terra em que ela morava. Ela fez isso porque tinha ouvido relatos de que o Deus de Israel havia libertado o seu povo do Egito e, depois, de um ataque da tribo dos amorreus. Raabe ajudou os dois espiões e implorou que eles salvassem a ela e sua família quando viessem destruir Jericó. Eles concordaram, mas com as seguintes condições: ela não podia contar para ninguém o que eles estavam fazendo, ela e sua família deviam ficar dentro da casa dela durante o ataque dos israelitas, e ela devia pendurar uma corda vermelha na janela para identificar sua casa. Raabe obedeceu a todas as instruções, e ela e sua família sobreviveram quando os israelitas destruíram Jericó (Js 2:1-24; 6:25).

2. Rute - Era uma moabita que deixou para trás seus deuses e sua terra para se tornar adoradora do Deus de Israel. Rute demonstrou grande amor por sua sogra, Noemi quando o marido de Noemi e seus dois filhos faleceram. Noemi decidiu voltar para Israel, e Rute se apegou lealmente a sua sogra em seu retorno. Ela amava a Noemi e queria adorar o Deus dela (Rt 1:16,17). Por ser uma nora leal e muito trabalhadora, em pouco tempo Rute criou uma boa reputação na cidade de Noemi, Belém. Um rico proprietário de terras chamado Boaz ficou muito impressionado com Rute e generosamente providenciou alimento para ela e Noemi. Posteriormente Rute veio a se casar com Boaz (Rt 2-3).

3. Tamar – Tamar era uma mulher cananéia que se casou com o filho mais velho de Judá que veio a morrer antes de terem filhos. Com a morte de Er, casar-se Tamar com o irmão de Er, Onã, que também veio a morrer sem que Tamar tivesse filhos. Pela lei da época ela deveria casar-se com o terceiro filho de Judá (Selá), o que não aconteceu, pois Judá tinha medo que também este viesse a morrer. Assim para gerar descendência a Judá, astutamente Tamar teve uma relação com o próprio sogro de quem gerou gêmeos. Judá havia errado com Tamar por não lhe dar o terceiro filho para gerar descendência e honrar seus dois filhos mais velhos que haviam morrido, mas ela sabendo das profecias, não deixou seu sogro sem descendência (Gn 38).

Vemos que a Bíblia faz questão de citar nominalmente as únicas 3 mulheres, sendo que nenhuma era israelita e todas com um passado sóbrio. A história também conta que Deus transformou estas mulheres em bênçãos para o cumprimento dos planos de Deus.

PERGUNTAS: Poque você julga que Deus propositadamente deixou descrito nominalmente somente estas 3 mulheres na genealogia de Jesus?

 

Reunião da Célula

1. Encontro

a. Enquanto as pessoas forem chegando, você pode deixar uma música de fundo rodando no ambiente. Isto ajuda a preparar o ambiente para célula e deixa mais descontraído.

b. Nunca deixe de dar muita atenção para os novos na célula. Eles precisam se sentir especiais (como realmente são).

c. Peça para as pessoas que trouxeram os visitantes, apresentarem estas pessoas. Receba a todos com muita expectativa e amor.

d. Quebra Gelo: Pergunta: Qual a personagem bíblico (mulher) que você mais admira? Por que?

2. Exaltação

a. Se houver possibilidade, cante dois cânticos bem alegres. Se não há quem toque um instrumento, seria interessante que se tenha um aparelho de som e se colocasse uma música pré-selecionada que todos possam cantar juntos. Pode ser até um celular.

b. A presença de Deus é que faz com que as pessoas sejam transformadas na célula. Então valorize este momento para todos entenderem que sobretudo a presença de Deus deve ser valorizada e desejada.

c. Ore pelo andamento da célula e por cada pessoa!

3. Edificação

a. Muitas vezes achamos que por nossa história pregressa não somos dignos de honra ou de construir uma linda história para o futuro. Estamos num tempo onde Deus irá precisar de todos. Não é por sermos de uma raça distinta ou por sermos de terminado sexo ou classe social que somos impossibilitados de contribuir significativamente com a história que Deus está escrevendo.

b. Esta ministração tem o objetivo de levar as pessoas de nossas células não levarem em conta suas características imutáveis nem suas histórias pregressas, mas avançar para o plano que Deus nos destinou e estabeleceu.

4. Evangelismo

a. Ore para que as pessoas de sua célula venham a se levantar no espírito apostólico para entenderem que foi o próprio Deus que as comissionou para o trabalho proposto.

b. Ore sempre pelas necessidades das pessoas (pode fazer uso da cadeira da bênção para esta oração).

c. Aproveite para levar as pessoas que ainda não conhecem a Jesus a se entregarem a ele.

d. Ore pelas pessoas que estão na lista de oração. Faça algo criativo para elas sentirem verdadeiramente que esta lista é muito importante.

e. Dê os avisos necessários.

f. Orem pela liderança da sua igreja e da Rede Apostólica.

g. NUNCA deixe de compartilhar os objetivos da célula, discutir como estão avançando nestes objetivos, estabelecer estratégias e orar por eles. Faça SEMPRE isto.

h. Não esqueça de fazer mensalmente a REUNIÃO FESTIVA para facilitar trazer novas pessoas para a célula.

Observação: A pandemia está chegando no final. Se por algum motivo sua célula estava uma tanto quanto sem programação, organize uma célula festiva para motivar ao evangelismo todos que estão participando.

19/10/2020

Veja Mais...

12/Out/2020

SER APOSTÓLICO.

 
28/Set/2020

ANSIEDADE.