Rádio Online
 
 
pub
Home > Estudos > Estudos da Célula > SER APOSTÓLICO

Estudos da Célula

SER APOSTÓLICO
 

Ser Apostólico (Ricardo Wagner, ap.)

Estamos no meio de uma restauração significativa da igreja. Muitos movimentos nos antecederam. Mas hoje estamos experimentando o que conhecemos como a Nova Reforma Apostólica. Deste movimento surgiram as igrejas apostólicas da atualidade. O apostolicismo tem impactado a igreja e os cristãos para viverem uma vida com significância, isto é, uma vida que influencia a sociedade onde cada cristão está inserido.

A palavra “apóstolo” significa "enviado". Esta palavra vem do grego “apóstolos” que significa um delegado, um mensageiro, um embaixador do evangelho, oficialmente comissionado por Cristo com poder e autoridade. Antes de ser usado na Bíblia era um termo não religioso usado pelos Gregos e Romanos para descrever enviados especiais que eram mandados com o propósito de expandir o domínio do império a que pertenciam. A estes enviados era dado poder e autoridade pelo rei para executar seus mandatos. Tudo que necessitavam lhes era concedido para serem bem-sucedidos.

Eram homens especialmente escolhidos para esta tarefa. Eram enviados a certos territórios para subjugar, conquistar, converter, instruir, treinar e estabelecer a cultura do império a que pertenciam nestes novos territórios.

Toda pessoa que ativamente está envolvida em uma igreja apostólica é impartida com as características apostólicas e naturalmente torna-se um conquistador. Ao olharmos para o Novo Testamento vemos uma pessoa que fez parte ativa da grande expansão do evangelho na igreja primitiva, mas que aparentemente era muito limitado. Porém, quando impartido pelo espírito apostólico de Paulo, tornou-se um gigante. Vejamos algumas características que descredenciariam Timóteo:

a. Timóteo era muito jovem quando começou a exercer seu ministério (I Tm 4:12).

b. Timóteo era provavelmente tímido e tinha dificuldades de se expressar (I Co 16:10,11; cf. II Tm 1:6-10).

c. Parece que Timóteo tinha a saúde fraca e frequentemente estava doente (I Tm 4:12; 5:23).

PERGUNTAS: Timóteo tinha sérias limitações! Como pode alguém como ele ter se tornado alguém tão especial? Agora vejamos algumas características de uma pessoa apostólica e como Timóteo se moveu nestas características.

1. Uma pessoa apostólica é uma pessoa confiante. Como não foi ela que decidiu por si própria, mas foi escolhida e enviada por Deus, não tem as dúvidas de uma pessoa que decide por si própria. A pessoa que decide por si própria pode ser tomada por incertezas e receios em algum momento da missão. Mas uma pessoa apostólica não. Vai e não se importa com o que aconteça, nada a esmorece, pois não surgem dúvidas em seu coração sobre o que realmente deve fazer. Se Deus a escolheu e enviou certamente Ele a achou capaz para executar a tarefa e lhe deu todas as condições para tal e lhe protegerá. Mesmo que Timóteo tenha sido recatado e tímido, ele recebeu o dom de evangelista e contribuiu com a expansão do evangelho juntamente com a equipe apostólica de Paulo (I Tm 4:14; II Tm 1:6).

2. Uma pessoa apostólica é uma pessoa que avança. A pessoa duvidosa se detém no caminho pela falta de confiança. Porém uma pessoa apostólica não se detém, pois sabe exatamente que foi enviada para executar uma tarefa e não para antes que esta tarefa tenha sido realizada. A pessoa duvidosa anda mais devagar, pois não tem confiança que esta é a verdadeira direção para sua vida. Mas a pessoa apostólica não para, nem sequer olha para trás, pois se Deus a escolheu para tal obra, a pessoa sabe que é possível que ela faça tal coisa. Mesmo com as limitações naturais de Timóteo, é relatado em Atos 16 e 17 que ele participou ativamente da implantação das igrejas mais importantes do Novo Testamento.

3. Uma pessoa apostólica é focada. Uma pessoa apostólica não fica detida em coisas situacionais, pois tem um chamado maior. Não perde tempo com coisas secundárias enquanto que seu primeiro e principal chamado ainda não foi cumprido. Uma pessoa que não tem convicção vai mais devagar, pois sua insegurança gera incerteza que intimida a pessoa de correr muito rapidamente para o alvo. Uma pessoa apostólica tem certeza do seu chamado principal e não perde tempo com outras coisas. Timóteo estava alinhado em tudo com o apóstolo Paulo. Timóteo abriu mão de tudo pela missão (Fp 2:19-23).

4. Uma pessoa apostólica é uma pessoa que faz coisas que pessoas normais não fazem. Pessoas normais não se atreveriam a fazer algumas coisas que os enviados fazem, pois pessoas normais se enchem de medo ao enfrentar grandes desafios. Mas uma pessoa apostólica sabe que Deus a escolheu para realizar alguma coisa. Se a ela foi destinada a fazer algo, não há dúvidas em sua mente e segue em frente, pois sabe que Deus está esperando que ela execute aquilo. Também sabe que Deus abrirá as portas que forem necessárias para que aquelas coisas extraordinárias aconteçam. Por isso sua fé é muito superior a um cristão não apostólico. Timóteo foi um dos líderes da igreja primitiva que mais refutou as falsas doutrinas e heresias, principalmente em Éfeso, talvez a maior igreja do Novo Testamento, onde provavelmente foi o principal líder depois de Paulo partir (I Tm 1:3).

PERGUNTAS: Você consegue fazer a distinção entre uma pessoa comum e uma pessoa com espírito apostólico? Explique!

 

Reunião da Célula

1. Encontro

a. Enquanto as pessoas forem chegando, você pode deixar uma música de fundo rodando no ambiente. Isto ajuda a preparar o ambiente para célula e deixa mais descontraído.

b. Nunca deixe de dar muita atenção para os novos na célula. Eles precisam se sentir especiais (como realmente são).

c. Peça para as pessoas que trouxeram os visitantes, apresentarem estas pessoas. Receba a todos com muita expectativa e amor.

d. Quebra Gelo: Pergunta: Você é mais tímido ou mais expressivo? Como esta característica em sua vida o ajuda?

2. Exaltação

a. Se houver possibilidade, cante dois cânticos bem alegres. Se não há quem toque um instrumento, seria interessante que se tenha um aparelho de som e se colocasse uma música pré-selecionada que todos possam cantar juntos. Pode ser até um celular.

b. A presença de Deus é que faz com que as pessoas sejam transformadas na célula. Então valorize este momento para todos entenderem que sobretudo a presença de Deus deve ser valorizada e desejada.

c. Ore pelo andamento da célula e por cada pessoa!

3. Edificação

a. Nestes tempos precisamos desenvolver as características apostólicas de avanço e conquista da igreja. Por isto precisamos ter convicção que se fomos enviados também este mesmo Deus que nos enviou irá estar conosco para nos habilitar a conquistar aquilo que nos é devido.

b. Esta ministração tem o objetivo de levar as pessoas de nossas células a se moverem apostolicamente no sentido de avançarem e influenciarem com os conceitos do Reino de Deus qualquer lugar em que estejam inseridos socialmente.

4. Evangelismo

a. Ore para que as pessoas de sua célula venham a se levantar no espírito apostólico para entenderem que foi o próprio Deus que as comissionou para o trabalho proposto.

b. Ore sempre pelas necessidades das pessoas (pode fazer uso da cadeira da bênção para esta oração).

c. Aproveite para levar as pessoas que ainda não conhecem a Jesus a se entregarem a ele.

d. Ore pelas pessoas que estão na lista de oração. Faça algo criativo para elas sentirem verdadeiramente que esta lista é muito importante.

e. Dê os avisos necessários.

f. Orem pela liderança da sua igreja e da Rede Apostólica.

g. NUNCA deixe de compartilhar os objetivos da célula, discutir como estão avançando nestes objetivos, estabelecer estratégias e orar por eles. Faça SEMPRE isto.

h. Não esqueça de fazer mensalmente a REUNIÃO FESTIVA para facilitar trazer novas pessoas para a célula.

Observação: A célula é um lugar de evangelismo, consolidação e edificação. Jamais permira que uma pessoa convidada ou conhecida das pessoas da célula que tenha vindo no culto ou na célula a primeira vez seja consolidada no dia seguinte. Isto é chave para o crescimento da célula.

12/10/2020

Veja Mais...

28/Set/2020

ANSIEDADE.