Rádio Online
 
 
pub
Home > Estudos > Estudos da Célula > A ÁGUA DE LAODICÉIA

Estudos da Célula

A ÁGUA DE LAODICÉIA
 

A Água de Laodicéia (Ricardo Wagner, ap.)

Quando o apóstolo Paulo foi estabelecer a igreja em Éfeso, ele separou os discípulos e ensinou na escola de Tirano. “Durou isto por espaço de dois anos, dando ensejo a que todos os habitantes da Ásia ouvissem a palavra do Senhor, tanto judeus como gregos.” (At 19:10). De Éfeso Paulo organizou equipes apostólicas que foram estabelecer igrejas em toda Ásia Menor (atual Turquia). Praticamente todas as igrejas daquela região (Esmirna, Pérgamo, Tiatira, Sardes, Filadélfia e Laodicéia, Colossos, Hierápolis, etc) foram implantadas por estas equipes enviadas por Paulo desde Éfeso.

Laodicéia, Colossos e Hierápolis se encontravam muito perto uma da outra. Através de João, Deus manda uma carta para sete destas igrejas (no livro do Apocalipse). Uma destas cartas foi para a igreja de Laodicéia.

Nesta carta, Deus diz a respeito dos laodicences: “15 Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente. Quem dera fosses frio ou quente! 16 Assim, porque és morno e nem és quente nem frio, estou a ponto de vomitar-te da minha boca” (Ap 3:15-16). Deus usa uma metáfora muito conhecida dos laodicences. Apesar de sua prosperidade financeira, Laodicéia tinha problemas com seu abastecimento de água. A cidade não possuía fontes termais, famosas pelas suas propriedades curativas, assim como a vizinha Hierápolis. Nem tinha abastecimento de água fresca que vinha do degelo da neve das montanhas, assim como a vizinha Colossos. A água tinha de ser trazida de longe para Laodicéia, duma fonte afastada 10 Km ao sul da cidade. No primeiro trecho, a água era trazida por meio dum aqueduto, e depois, mais perto da cidade, através de blocos cúbicos de pedra. Estas pedras estavam perfuradas no centro e cimentadas umas às outras. Visto que a água vinha de grande distância, chegavam a Laodiceia com uma temperatura morna, e seu sabor, devido ao alto teor de minerais, era nauseante. Deus compara a vida dos cristãos de Laodicéia com a sua água! Uma água que dava vontade de vomitar quando era tomada.

PERGUNTAS: O que você entende ser um cristão morno? O que você acha que significa ser morno para Deus?

Mas por que Deus estava reprovando de tal forma a vida dos cristão laodicences? A resposta está na sequencia dos versículos: “pois dizes: Estou rico e abastado e não preciso de coisa alguma, e nem sabes que tu és infeliz, sim, miserável, pobre, cego e nu.” Parece que a prosperidade material da cidade, da qual os cristãos tinham participação, fizeram com que a igreja havia se tornado independente de Deus, enganada pelas coisas desta vida e mundana. Vejamos

a. Estou rico” - A cidade de Laodicéia era muito próspera. Um indício de sua riqueza, é que quando um terremoto, no ano 60 DC, causou consideráveis danos a Laodicéia, seus habitantes recusaram ajuda de Roma, dizendo que tinham recursos próprios para reconstruí-la. Em função da sua posição estratégica num entroncamento rodoviário que direcionava a várias cidades, Laodicéia havia se tornado um centro econômico e bancário da região e de todo império. A riqueza da cidade pode ser vista em suas construções, sendo uma das cidades mais imponentes do império Romano.

Mas Deus diz: “17 nem sabes que tu és infeliz, sim, miserável, pobre ... 18 Aconselho-te que de mim compres ouro refinado pelo fogo para te enriqueceres” (Ap 3:17b-18a). Os cristãos da cidade estavam enganados pensando que a riqueza material era suficiente. Deus mostra que isto não gerava felicidade e que a verdadeira riqueza está em Deus.

b. Estou ... abastado” – A cidade de Laodicéia era amplamente conhecida pelas vestimentas de lã preta, brilhante, semelhante a uma seda. O preto provavelmente era a cor natural do tipo de ovelhas que criavam. Isto dava a cidade um status de nobreza e contribuía efetivamente para seu resplendor, fama e riqueza. Mas Deus diz: “17 nem sabes que tu és infeliz, sim, miserável, ... e nu. 18 Aconselho-te que de mim compres ... vestiduras brancas para te vestires, a fim de que não seja manifesta a vergonha da tua nudez”. O Deus está mostrando para o povo de Laodicéia era que o glamour das roupas não substituía a santidade que o povo de Deus deve ter. Apesar de terem as roupas mais famosas, diante de Deus estavam como que nus, pois a vergonha de seus atos os acusava. Deveriam ser vestidos com a vestidura branca da pureza e santidade.

c. Não preciso de coisa alguma” – Laodicéia ficava muito perto de Hierápolis, na região da Frígia, um sítio de águas termais e medicinais. Em função disto, Laodicéia era também a sede duma escola de medicina muito importante na época. Um remédio para os olhos, conhecido como “pó frígio”, era produzido na cidade. Por isso não é de surpreender que a adoração de Esculápio, deus da medicina, tivesse grande destaque na cidade. Isto fazia com que milhares de pessoas vinham a cidade buscar saúde e remédios gastando verdadeiras fortunas. Mas Deus diz: “17 nem sabes que tu és infeliz, sim, miserável e ... cego. 18 Aconselho-te que de mim compres ... colírio para ungires os olhos, a fim de que vejas.” Apesar deles produzirem um remédio para os olhos, Deus diz que eram cegos e deveriam buscar o verdadeiro colírio em Deus. O povo estava cegado pelo seu envolvimento mundano que não percebia que estavam cegados para aquilo que era mais importante: a vida com Deus!

PERGUNTAS: Comparando, qual a temperatura da sua água? Está frio, morno ou queimando para Deus? Explique!

O que você deve fazer e mudar em sua vida para não ser um cristão de Laodicéia?

Reunião da Célula

1. Encontro

a. Enquanto as pessoas forem chegando, você pode deixar uma música de fundo rodando no ambiente. Isto ajuda a preparar o ambiente para célula e deixa mais descontraído.

b. Nunca deixe de dar muita atenção para os novos na célula. Eles precisam se sentir especiais (como realmente são).

c. Peça para as pessoas que trouxeram os visitantes, apresentarem estas pessoas. Receba a todos com muita expectativa e amor.

d. Quebra Gelo. Pergunta: Você já tomou uma água que estava ruim e passaste mal? Conte sua experiência?

2. Exaltação

a. Se houver possibilidade, cante dois cânticos bem alegres. Se não há que toque um instrumento, seria interessante que se tenha um aparelho de som e se colocasse uma música pré-selecionada que todos possam cantar juntos. Pode ser até um celular.

b. A presença de Deus é que faz com que as pessoas sejam transformadas na célula. Então valorize este momento para todos entenderem que sobretudo a presença de Deus deve ser valorizada e desejada.

c. Ore pelo andamento da célula e por cada pessoa!

3. Edificação

a. Estamos vivendo num tempo em que precisamos e devemos nos envolver com o mercado e levar o modelo de Deus para nosso lugar de trabalho. Mas uma coisa é estar no mundo do trabalho e influenciar este local e outra coisa é ser influenciado por ele. A história de Laodicéia mostra que o povo cristão daquela cidade foi influenciada pelo mundo. Os cristãos não estavam tão preparados e firmados na Palavra e foram contaminados pelos valores do mundo.

b. O objetivo desta ministração é levar cada membro de nossa célula a se posicionar abertamente como cristão e portador dos valores cristãos. Cada membro de nossa célula deve decidir a deixar completamente o mundo e comprometer-se com Deus e sua Palavra.

4. Evangelismo

a. Ore para que cada pessoa da célula seja um verdadeiro cristão. Se alguém ainda está com dificuldade em alguma área em sua vida, mostre que cada pessoa pode orar e ajuda-lo a vencer. Ore para que cada pessoa de sua célula seja um modelo de cristão, repudiando completamente o mundo.

b. Ore sempre pelas necessidades das pessoas (pode fazer uso da cadeira da bênção para esta oração).

c. Aproveite para levar as pessoas que ainda não conhecem a Jesus a se entregarem a ele.

d. Ore pelas pessoas que estão na lista de oração. Faça algo criativo para as pessoas sentirem verdadeiramente que esta lista é muito importante.

e. Dê os avisos necessários.

f. Orem pela liderança da sua igreja e da Rede Apostólica.

g. NUNCA deixe de compartilhar os objetivos da célula, discutir como estão avançando nestes objetivos, estabelecer estratégias e orar por eles. Faça SEMPRE isto.

h. Não esqueça de fazer mensalmente a REUNIÃO FESTIVA para facilitar trazer novas pessoas para a célula.

Observação: A célula é a coisa mais importante da igreja. Merece prioridade completa de toda liderança da igreja. Se as células não estão bem, a igreja não está bem. Por isto, as células não podem ser o assunto no final de uma reunião de liderança. As células precisam ser o centro de uma reunião de líderes. As células é o assunto da reunião de líderes.

26/02/2020

Veja Mais...

13/Fev/2020

O SERVO DA ORELHA FURADA.

 
05/Fev/2020

OS CAVALOS DE ISRAEL.

 
30/Jan/2020

JESURUM.

 
27/Jan/2020

O SANTO SACERDÓCIO.