Rádio Online
 
 
pub
Home > Estudos > Ministério Profético > Tempos da Restauração

Ministério Profético

Tempos da Restauração
 

"Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados, a fim de que, da presença do Senhor, venham tempos de refrigério, e que envie ele o Cristo, que já vos foi designado, Jesus, ao qual é necessário que o céu receba até aos tempos da restauração de todas as coisas, de que Deus falou por boca dos seus santos profetas desde a antigüidade." (At 3:19-21)

Antes de Jesus voltar, todas as coisas que a Bíblia nos fala a respeito deste tempo, acontecerão. Toda palavra profética precisa ser estabelecida. O profeta Daniel buscou a Deus para livramento de seu povo em função de ler o profeta Jeremias e ter percebido que chegara o tempo do cumprimento profético da palavras de Jeremias. Da mesma forma, sabendo que estamos perto da vinda de Jesus é necessário que entendamos que os tempos que estamos vivendo são tempos da restauração de todas as coisas.

Daniel orou pelo estabelecimento da profecia de Jeremias e teve o privilégio de ver o cumprimento profético daquilo que havia sido profetizado. Isto significa que o homem tem sua parte no cumprimento profético da Palavra de Deus. Se estamos vivendo tempos da restauração de todas as coisas, é necessário, que nós, povo de Deus, comecemos a lutar por isso.

Observe os seguintes versículos: " O Espírito do SENHOR Deus está sobre mim, porque o SENHOR me ungiu para pregar boas-novas aos quebrantados, enviou-me a curar os quebrantados de coração, a proclamar libertação aos cativos e a pôr em liberdade os algemados; a apregoar o ano aceitável do SENHOR." (Is 61:1-2) Esta passagem Jesus usou para descrever seu ministério e muitos hoje usam para descrever a missão da igreja. Na seqüência destes versículos está a seguinte passagem: "Edificarão os lugares antigamente assolados, restaurarão os de antes destruídos e renovarão as cidades arruinadas, a desolação de muitas gerações." (Is 61:4) Assim com a nós está determinado pregar boas novas, curar os de coração quebrados e libertar os cativos, também é nossa responsabilidade restaurar a desolação de muitas gerações.

O que vemos hoje é desolação que nos legaram nossos antepassados. Muitos se acostumaram com a desgraça, achando que esta é a normalidade. Ninguém pode se contentar com o que se vê nos dias atuais. Isto é a desolação. Nosso padrão é a Palavra de Deus e Deus confiou a nós a mudança de todas as coisas.

Muitos vivendo dentro da situação atual se desesperam, entram em depressão e ficam desolados iguais ao ambiente. Não é assim que devemos viver. Nosso destino é o Reino de Deus. É por ele que devemos lutar. Deus nos dá unção para pregar, para libertar e para curar. Mas também sobre nós repousa uma unção para restaurar, para estabelecermos tempos de restauração, tempos de restituição. Ele nos restaurou para que sejamos agentes de restauração. Não permaneça aquém da unção que está sobre você. Os céus tem uma grande expectativa a seu respeito. Entre neste mover de restauração, pois não existe escolha para aqueles que estão vivendo estes tempos proféticos.

Ricardo Wagner, apóstolo

 

 

23/03/2006

Veja Mais...

04/Jan/2006

O Silêncio dos Profetas.

 
24/Dez/2005

Novas Estações.

 
28/Out/2005

Novas Revelações.