Rádio Online
 
 
pub
Home > Estudos > Louvor e Adoração > Tabernáculo de Davi (Parte 2)

Louvor e Adoração

Tabernáculo de Davi (Parte 2)
 

Amados

Este é a segunda parte do estudo sobre a restauração do Tabernáculo de Davi. Nesta parte analisaremos o transcurso da Arca depois de ter peregrinado pelo deserto e ter chegado a Canaã. Lembre-se, a Arca representava a presença do Deus vivo e onde ela estava, estava a presença de Deus. Não poderemos entrar no estudo do Tabernáculo de Davi propriamente dito sem antes entendermos as questões referentes a Arca, uma vez que o Tabernáculo de Davi foi construído especificamente para ser o local onde a Arca permaneceria em Jerusalém.

Deus os abençoe!

Ricardo Wagner, apóstolo

 SILÓ

"Este homem subia da sua cidade de ano em ano a adorar e a sacrificar ao SENHOR dos Exércitos, em SILÓ. Estavam ali os dois filhos de Eli, Hofni e Finéias, como sacerdotes do SENHOR." I Sm 1:3

Depois da jornada no deserto, o tabernáculo foi colocado em Siló. Este é o lugar em que Ana orou e fez um voto ao Senhor. Siló é o lugar onde o jovem profeta Samuel começou a ouvir a voz de Deus.

Os filhos do Eli, Hofni e Finéias, eram sacerdotes maus e corruptos. Eles desprezavam as coisas santas de Deus e trouxeram julgamento sobre à casa de Eli.

"Voltando o povo ao arraial, disseram os anciãos de Israel: Por que nos feriu o SENHOR, hoje, diante dos filisteus? Tragamos de Siló a arca da Aliança do SENHOR, para que venha no meio de nós e nos livre das mãos de nossos inimigos. Mandou, pois, o povo trazer de Siló a arca do SENHOR dos Exércitos, entronizado entre os querubins; os dois filhos de Eli, Hofni e Finéias, estavam ali com a arca da Aliança de Deus. Sucedeu que, vindo a arca da Aliança do SENHOR ao arraial, rompeu todo o Israel em grandes brados, e ressoou a terra... Então, pelejaram os filisteus; Israel foi derrotado, e cada um fugiu para a sua tenda; foi grande a derrota, pois foram mortos de Israel trinta mil homens de pé. Foi tomada a arca de Deus, e mortos os dois filhos de Eli, Hofni e Finéias." I Sm 4:3-5, 10-11

A Arca foi tomada pelos Filisteus. Esta foi uma das maiores derrotas para Israel. Os israelitas pressuporam que a Arca asseguraria a vitória. Perderam batalha e a Arca. Eli caiu e quebrou o pescoço quando ouviu estas notícias. Sua nora entrou em trabalho de parto quando escutou isto. Ele colocou o nome de ICABODE, significando que "a glória do Senhor havia se ido" (I Sm 4:12-22).

A Arca do Senhor representa a glória de Deus. Quando a Arca foi tomada, também desapareceu a glória (Icabode). Israel foi ordenado para cuidar da Arca. Eles eram escolhidos por Deus para serem abençoados com sua presença. Nenhuma outra nação tinha este privilégio. Os filisteus não foram ordenados a cuidarem da Arca. Quando levaram a Arca para suas terras, grande julgamento seguiu.

Permaneceu a Arca sete meses nas mãos dos filisteus e depois de terem experimentado grande julgamento da parte do Senhor, mandaram a Arca de volta. Os animais que levaram a Arca foram diretamente a Bete-Semes e pararam no campo de Josué. Os bete-semitas avisaram os habitantes de Quiriate-Jearim que a Arca havia sido devolvida. A Arca de Deus nunca mais retornou para Siló. (I Sm 5-6)

"Ouvimos dizer que a arca se achava em Efrata e a encontramos no campo de Jaar ... Levanta-te, SENHOR, entra no lugar do teu repouso, tu e a arca de tua fortaleza." Sl 132:6,8

 

"Em Efrata nós (primeiro) ouvimos dela (a Arca descoberta); nós a encontramos nos campos de madeira - em (Quiriate) Jearim." (tradução amplificada de Sl 132:6)

 Davi desejava trazer a Arca de Quiriate-Jearim para Sião.

 

"Louvor e adoração é a principal atividade em torno do trono de Deus. É também a atividade realizada que mais se aproxima do trono de Deus. Adoração é um ministério do trono de Deus (Ap 4-5). A adoração estabelecida pelo rei Davi no Monte Sião é o tipo de adoração do céu. Em toda restauração e reavivamento durante os tempos de Ezequias, Josias, Esdras e outros, os israelitas sempre retornaram a forma de adoração que havia sido estabelecida pelo rei Davi. Eu creio que a adoração davídica continuará a ser a forma de adoração no milênio."

O rei Davi sabia da importância da Arca do Senhor. Ter a Arca perto dele em Jerusalém significava ter a bênção, proteção e presença de Deus. A Arca é símbolo do trono de Deus sobre a terra.

A primeira iniciativa de Davi em trazer a Arca terminou na morte de Uzá (II Sm 6:8). Davi mandou então levar a Arca a casa de Obede-Edom (II Sm 6:10). A Arca permaneceu na casa de Obede-Edom por três meses. Deus abençoou a casa de Obede-Edom por causa da Arca.

"Então, avisaram a Davi, dizendo: O SENHOR abençoou a casa de Obede-Edom e tudo quanto tem, por amor da arca de Deus; foi, pois, Davi e, com alegria, fez subir a arca de Deus da casa de Obede-Edom, à Cidade de Davi." II Sm 6:12

Davi trouxe a Arca do Senhor e a colocou na tenda em Sião. A Arca permaneceu em Sião ainda que o tabernáculo de Moisés continuava em Siló. Deus abandonou o tabernáculo de Siló (Sl 78:60). Antes escolheu a tribo de Judá e Sião (Sl 78:68). Isto é uma importante transição. Deus não mais habitaria no meio de sacrifícios de animais (Siló), mas no meio do louvor (Sião).

"Pois o SENHOR escolheu a Sião, preferiu-a por sua morada: ESTE É PARA SEMPRE O LUGAR DO MEU REPOUSO; AQUI HABITAREI, POIS O PREFERI." Sl 132:13-14

Sião é o lugar de habitação do Deus vivo. O Senhor ama os portões de Sião mais do que todas habitações (tabernáculos) de Jacó. Porque o Senhor ama o Tabernáculo de Davi em Sião? PORQUE O LOUVOR E ADORAÇÃO ORDENADOS POR DAVI EM TORNO DA ARCA MANIFESTARAM A MESMA ATMOSFERA DE ADORAÇÃO ENCONTRADA NOS CÉUS! SIÃO FOI A PRIMEIRA EXPRESSÃO DA ADORAÇÃO CELESTIAL ONDE DEUS HABITA ETERNAMENTE. DEUS ASSIM "HABITA" NOS LOUVORES DA SIÃO TERRENA ASSIM COMO HABITA EM MEIO A ADORAÇÃO CELESTIAL (Sl 22:3). David Swan escreve:

 

 

QUIRIATE-JEARIM

"Então, vieram os homens de Quiriate-Jearim e levaram a arca do SENHOR à casa de Abinadabe, no outeiro; e consagraram Eleazar, seu filho, para que guardasse a arca do SENHOR. Sucedeu que, desde aquele dia, a arca ficou em Quiriate-Jearim, e tantos dias se passaram, que chegaram a vinte anos; e toda a casa de Israel..." I Sm 7:1-2

 

A Arca permaneceu em Quiriate-Jearim por 20 anos. Permaneceu lá todos os dias de Saul.

30/03/2006

Veja Mais...

27/Jan/2006

Adoração Violenta.