Rádio Online
 
 
pub
Home > Estudos > Estudos da Célula > SENDO GUIADOS PELA PALAVRA PROFÉTICA EM TEMPOS DE CRISE

Estudos da Célula

SENDO GUIADOS PELA PALAVRA PROFÉTICA EM TEMPOS DE CRISE
 

ENCONTRO (QUEBRA GELO) (15 min) Hoje vamos falar sobre como reagir em tempos difíceis. Você se sente a vontade para contar uma experiência em que você teve uma situação difícil e venceu?

EDIFICAÇÃO (30-40 min).    SENDO GUIADOS PELA PALAVRA PROFÉTICA EM TEMPOS DE CRISE

Texto base. Leia Lc 24:13-31

Introdução. Todos nós passamos por tempos de dificuldades de vez em quando, porém cada um tem uma maneira diferente de lidar com ela. Os discípulos a caminho de Emaús estavam paralisados pela tristeza do luto por Jesus Cristo ter morrido, mas não acreditaram na palavra profética de que ele ressuscitaria. Muitos de nós sofremos a dor da queda e não acreditamos na palavra profética sobre levantarmos. O cair é do homem, mas o levantar é de Deus. A pressão psicológica que passamos em tempos de crise são responsáveis por boa parte de nossas tomadas de decisões. Quando decidimos baseados na pressão emocional é bem provável que nossa decisão não foi a melhor, pelo contrário muitas vezes esta decisão pode ser desastrosa. Em tempos de crise não podemos tomar decisão apenas pela pressão que sofremos e sim pelo bom senso, pela palavra de Deus, pela vontade de Deus. O problema é que o bom senso desaparece em muitas pessoas quando estão em crise e debaixo de pressão. Mas, como posso manter o foco em tempos de crise? Vejamos:

1) Ter prudência na avaliação da crise. Ef 5:15 Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, e sim como sábios. Vede prudentemente! Análise real e verdadeira de como estou no momento da minha crise.

2) Entender que há dias maus para todos. Ef 5:16 remindo o tempo, porque os dias são maus. Os dias de crise são dias maus e por isto se perde o norte em função da pressão que sofremos, mas esta crise vai passar.

3) Minha vontade ou vontade do Senhor. Ef 5:17 Por esta razão, não vos torneis insensatos, mas procurai compreender qual a vontade do Senhor. A crise vai me levar a tomadas de decisões definitivas e a pressão emocional vai me levar a acreditar que a melhor saída é a fuga, ou a solução por vias de aliviar a emoção e ansiedade é através de atos com ira, violência, vingança, desonestidade, enfim alguma coisa que não seja a vontade de Deus. Se eu quiser sair bem da crise eu preciso ser sábio e agir segundo o que eu sempre acreditei ser a vontade de Deus, pois nesta hora a pessoa começa reinterpretar a vontade de Deus segundo lhe convém, segundo a pressão da crise.

4) Em tempos de crise vem a embriaguês. Ef 5:18 E não vos embriagueis com vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito. Alguns se embriagam com bebidas alcoólicas como sugere a música de Sérgio Reis “pinga ni mim” mas a maioria se embriaga com a ansiedade, com a amargura, com a ira, com a paixão, com o desejo de fuga entre outros. Em tempos de crise é que eu preciso me encher com o Espírito Santo, pois uma decisão errada pode mudar tudo.

5) Como manter o foco em tempos de crise? Ef 5:19 falando entre vós com salmos, entoando e louvando de coração ao Senhor com hinos e cânticos espirituais. È preciso vigiar a boca, pois em momentos de crise as pessoas começam se auto-amaldiçoar. Se há crise de relacionamentos, então começa a falar coisas que trazem peso sobre estes relacionamentos. Se a crise é conjugal começam a falar em separação e se acusam mutuamente. Se a crise é financeira falam que sempre é assim e que nunca vão conseguir sair desta situação. Em tempos de crise preciso falar sobre as possibilidades que a palavra de Deus me apresenta para sair daquela crise. Muitos cristãos parecem bons cristãos, tem boa palavra, bom senso até estar em crise. Quando a crise chega tem uma reação bem pior que muitos que não são cristãos. A maioria de nós tem sérias dificuldades de reagir bem em tempos de crise.

6) Perdendo o foco em tempos de crise. Ex 32:1-4 Mas, vendo o povo que Moisés tardava em descer do monte, acercou-se de Arão e lhe disse: Levanta-te, faze-nos deuses que vão adiante de nós; pois, quanto a este Moisés, o homem que nos tirou do Egito, não sabemos o que lhe terá sucedido. Disse-lhes Arão: Tirai as argolas de ouro das orelhas de vossas mulheres, vossos filhos e vossas filhas e trazei-mas. Então, todo o povo tirou das orelhas as argolas e as trouxe a Arão. Este, recebendo-as das suas mãos, trabalhou o ouro com buril e fez dele um bezerro fundido. Então, disseram: São estes, ó Israel, os teus deuses, que te tiraram da terra do Egito. Arão estava diante de uma crise social. Lideranças do povo pediam providências então ele cedeu à pressão dos líderes do povo e fez a vontade do povo. Porém a vontade de Deus era bem diferente. Ex 32:7 Então, disse o SENHOR a Moisés: Vai, desce; porque o teu povo, que fizeste sair do Egito, se corrompeu. O povo se corrompeu. Quando a crise vem é muito fácil ceder a pressões e se corromper. É preciso ser uma pessoa muito determinada para não sucumbir nos momentos de crise. Moisés não atendia a vontade do povo, ele atendia a vontade de Deus. Eu não posso fazer a vontade psicológica do momento seja minha ou de outra pessoa. Preciso fazer o que é certo, fazer o que é a vontade de Deus. Quando tenho vontade de xingar e eu xingo, sou semelhante a Arão, pois cedi a uma pressão e não fiz o que era certo. Quando tenho raiva, ódio e não perdôo, sou semelhante a Arão e me deixei corromper. Quando tenho desejo de vingança e me vingo, fui derrotado por este desejo. Não posso perder o foco em tempos de crise.

7) Mantendo o foco mesmo diante de situações muito adversas. Atos 16:23 E, depois de lhes darem muitos açoites, os lançaram no cárcere, ordenando ao carcereiro que os guardasse com toda a segurança. Atos 16:33 Naquela mesma hora da noite, cuidando deles, lavou-lhes os vergões dos açoites. A seguir, foi ele batizado, e todos os seus. O apóstolo Paulo é um exemplo fantástico de como devemos manter o fogo em tempos de crise, pois ele não passou por uma crise apenas, ele passou por muitas crises e de muitas maneiras diferentes. Neste caso foi preso por pregar o evangelho, foi açoitado muitas vezes (próximo a 40 açoites) e depois foi preso. Na cadeia poderia estar falando mal das autoridades religiosas e dos políticos que o estavam maltratando, porém ele estava falando do amor de Deus ao carcereiro a ponto de batizá-lo naquela noite mesmo e ali mesmo. Paulo tinha foco de pregar o evangelho antes da crise e continuava com este foco mesmo em meio à crise, mesmo na prisão.

Compartilhando. Fp 4:12-13 Tanto sei estar humilhado como também ser honrado; de tudo e em todas as circunstâncias, já tenho experiência, tanto de fartura como de fome; assim de abundância como de escassez; tudo posso naquele que me fortalece. Você sabe ser humilhado, ter escassez e reagir bem? Então você pode dizer que pode tudo em Jesus. O que você aprendeu neste estudo? Evangelismo. Convide alguém que está em dificuldades ou em crise para a célula.

Vanderlei Cardoso, profeta e mestre

08/05/2017

Veja Mais...

18/Abr/2017

MAIS PERTO DE DEUS.

 
19/Dez/2016

MATADOR DE GIGANTES.