Rádio Online
 
 
pub
Home > Estudos > Estudos da Célula > OS MEDOS DE MOISÉS

Estudos da Célula

OS MEDOS DE MOISÉS
 

Texto Base: Ex 3:10—4:17

Como era normal depois de 40 anos vivendo no deserto, naquele dia Moisés acordou pensando apenas em cum­prir os afazeres de sempre, os quais ele vinha se dedicando: levantar bem cedinho e encontrar pasto para as ovelhas. Ao vagar pelo deserto, notou arbustos pegando fogo ao longe, aparentemente por causa de um raio. Preocupado com a se­gurança das ovelhas, ficou de olho na fumaça e nas chamas, até perceber que apenas um arbusto estava queimando, mas não estava sendo consumido pelo fogo.

Mal sabia Moisés, quando se aproximou para ver o que estava acontecendo, que Deus estava prestes a engajá-lo na obra para a qual ele havia sido destinado desde o nascimento.

Deus apresentou àquele homem debilitado, a partir do arbusto em chamas, sua próxima incumbência — seu novo desafio: "Vem, agora, e eu te enviarei a Faraó, para que tires o meu povo, os filhos de Israel, do Egito" (Ex 3:10).

Diante daquilo tudo, Moisés começou a titubear e argumentar: "Quem sou eu para confrontar um dos homens mais poderosos do mundo?"

Para cada desculpa que Moisés inventava, Deus tinha uma res­posta. De forma parafraseada Deus dizia: "Não tem nada a ver com quem você é, mas quem eu sou. Eu estarei com você."

E assim foi aquele diálogo, indo e vindo. O Senhor teve muita paciência, tranquilizando-o em todas as dúvidas, até que Moisés finalmente jogou a última cartada: "Envia outra pessoa. Qualquer um. Menos eu" (Ex 4:13).

Naquela hora, diz a Bíblia, "se acendeu a ira do Senhor contra Moisés". Deus jogou por terra a última desculpa de Moisés, desig­nando seu irmão, Arão, como porta-voz para acompanhá-lo, fazendo assim que Moisés se entregasse a esta grande obra.

Depois de quarenta anos vivendo num território familiar, Moisés lutou com todas as forças para não ter de deixar a zona de conforto. E o Senhor irritou-se com sua relutância. Afinal, Deus estava prometendo enviar seu poder e sua presença para que Moisés pudesse cumprir a tarefa! Da mesma forma que Moisés, nós argumentamos com muitas desculpas (advindas de nossos medos) quando Deus nos incumbe de um desafio. Mas Ele não apenas nos dá o desafio, mas também a graça para cumprí-lo.

Medos e desculpas de Moisés

  1. 1.      Medo de si mesmo. De sua própria incapacidade. Problemas de identidade vindo da baixa autoestima.

Ex 3:11 – “Moisés perguntou a Deus: — Quem sou eu para ir falar com o rei do Egito e tirar daquela terra o povo de Israel?”

  1. 2.      Medo de confiar em Deus. Problema de confiança no seu Deus. Medo que Ele não virá socorrer!

Ex 3:13 – “Porém Moisés disse: — Quando eu for falar com os israelitas e lhes disser: “O Deus dos seus antepassados me enviou a vocês”, eles vão me perguntar: “Qual é o nome dele?” Aí o que é que eu digo?”

  1. 3.      Medo das pessoas que estão ao nosso redor. Que não responderão nosso apelo ou que não nos ouvirão.

Ex 4:1 – “Aí Moisés respondeu a Deus, o SENHOR: — Mas os israelitas não vão acreditar em mim, nem vão dar atenção ao que eu falar e vão dizer que o SENHOR não me apareceu.”

  1. 4.      Medos do inimigo. Sentimentos de incapacidade e falta de habilidade. Medo da grandeza dos inimiogos.

Ex 4:10 – “Disse, porém, Moisés ao Senhor: “Ó Senhor! Nunca tive facilidade para falar, nem no passado nem agora que falaste a teu servo. Não consigo falar bem!””

  1. 5.      Moisés estava totalmente desacreditado.

Ex 4:13 – “Respondeu-lhe, porém, Moisés: “Ah, Senhor! Peço-te que envies outra pessoa””.

PERGUNTAS: Diante dos desafios que a vida nos concede, quais os medos que normalmente nos advêm quando precisamos confiar em Deus? Você tem alguma experiência de um desafio que aconteceu e que algum destes medos surgiu? Como podemos vencer estes medos? Qual é a segurança que temos que alcançaremos o êxito?

Reunião da Célula

  1. 1.      Encontro
    1. Dê boas-vindas a todos.
    2. Peça para aqueles que trouxeram alguém novo apresentem os visitantes e diga algo sobre ele. Depois todos cumprimentem os visitantes calorosamente.
    3. Quebra Gelo. Pergunta: De qual coisa ou circunstância tu tens medo?
  1. 2.      Exaltação
    1. Se houver possibilidade, cante dois cânticos bem alegres.
    2. Pergunte se alguém tem alguma experiência com Deus (um testemunho) que gostaria de compartilhar.
    3. Orem de mãos dadas para que Deus venha com graça sobre a célula.
  1. 3.      Edificação
    1. Durante as perguntas motive as pessoas a falarem de suas experiências pessoais abrindo seu coração.

 

  1. 4.      Evangelismo
    1. Com os desafios de nossa vida chegam juntos os medos. Ministre confiança para as pessoas que tudo o que o Senhor falou ele cumpre. Ore pelas pessoas para que vençam o medo com coragem. Lembre-se: “coragem não é falta de medo, mas avançar apesar do medo”!
    2. Veja se há alguém com doenças e dores e ore por estas pessoas esperando pela cura imediata. Insista na oração até a pessoa ser curada.
    3. Aproveite este momento para orar pelos novos para que recebam a Jesus.
    4. Ore pelas pessoas que estão na lista de oração.
    5. Compartilhe e orem pelos objetivos da célula.
    6. Motive sempre as pessoas a convidarem uma nova pessoa por semana para as células.
    7. Dê os avisos necessários.

Dicas

Uma das principais coisas para a multiplicação de uma célula é a formação de novos líderes. Concentre-se em acompanhar estes líderes em treinamento em todas suas atividades. Veja como ele está nos treinamentos e quais são os desafios pessoais que tem enfrentado e ajude-o a vencer. Não resolva os problemas dele, mas ajude que ele veja a saída e tome decisões e ações sábias.

Ricardo Wagner, ap.

18/06/2018

Veja Mais...

27/Fev/2018

O TIPO DE AMOR DE DEUS.

 
27/Fev/2018

NÃO LIMITE DEUS.

 
21/Fev/2018

CONHECER A DEUS.