Rádio Online
 
 
pub
Home > Estudos > Estudos da Célula > O CRISTÃO E O TRABALHO

Estudos da Célula

O CRISTÃO E O TRABALHO
 

O Cristão e o Trabalho (Ricardo Wagner, ap.)

A grande maioria dos cristãos sentem uma radical desconexão entre suas experiências no culto, células e atividades na igreja e suas atividades de trabalho durante a semana. Algumas pesquisas foram realizadas que mostraram que os trabalhadores parecem colocar as partes de sua vida em três compartimentos diferentes:

uma pessoa para igreja,

uma para os negócios e

ainda outra para a família.

Modificam comportamento para se acomodar a estes três ambientes.

Uma boa parte dos cristãos vive uma contradição entre vida na igreja, trabalho e família.

As pessoas normalmente tem dificuldade em mixar fé com trabalho.

PERGUNTAS: Antes de continuarmos, vamos conversar um pouco. O que você acha que é o pensamento de Deus a respeito do trabalho? É uma benção? É uma maldição? Você sente seu trabalho como algo digno? Para que entendamos esta questão vamos ver o que a Bíblia nos fala.

1. Deus é um trabalhador

Gn 2:2 – “E, havendo Deus terminado no dia sétimo a sua obra, que fizera, descansou nesse dia de toda a sua obra que tinha feito.”

Is 64:4 – “Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu Deus além de ti, que trabalha para aquele que nele espera.”

Jo 5:17 – “Mas ele (Jesus) lhes disse: Meu Pai (Deus) trabalha até agora, e eu trabalho também.”

2. Deus Criou o homem a sua semelhança

Gn 1:26, 28-29 – “Também disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; tenha ele domínio sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus, sobre os animais domésticos, sobre toda a terra e sobre todos os répteis que rastejam pela terra. E Deus os abençoou e lhes disse: Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitaia; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus e sobre todo animal que rasteja pela terra. E disse Deus ainda: Eis que vos tenho dado todas as ervas que dão semente e se acham na superfície de toda a terra e todas as árvores em que há fruto que dê semente; isso vos será para mantimento.”

Ec 3:13 – “e também que é dom de Deus que possa o homem comer, beber e desfrutar o bem de todo o seu trabalho.”

3. Deus criou o Homem como seu co-trabalhador

Gn 2:8,15 – “E plantou o SENHOR Deus um jardim no Éden, na direção do Oriente, e pôs nele o homem que havia formado. ... Tomou, pois, o SENHOR Deus ao homem e o colocou no jardim do Éden para o cultivar e o guardar.”

Analisando, podemos concluir que todo trabalho legítimo é extensão do trabalho de Deus, uma vez que Deus criou o Éden e deu ao homem a responsabilidade de cultivá-lo. A natureza do trabalho é divina, não do mal, uma vez que o trabalho foi dado antes da queda, ainda quando o homem estava no Jardim do Éden.

A grande maioria das vezes temos a impressão errada do trabalho. Pensamos que o trabalho é fruto do pecado. Pensamos erroneamente que o trabalho é um peso na vida do homem. Mas se perguntarmos o que cada pessoa pensa de seu trabalho certamente dirão que o trabalho dignifica o homem. O trabalho nos faz mais dignos. As pessoas, de modo geral, se orgulham de seu trabalho. Todavia, continuando a história vemos que o homem pecou e como consequência, o trabalho que era facilitado, ficou difícil e pesado:

Gn 3:17-19 – “E a Adão disse: Visto que atendeste a voz de tua mulher e comeste da árvore que eu te ordenara não comesses, maldita é a terra por tua causa; em fadigas obterás dela o sustento durante os dias de tua vida. 18 Ela (a terra) produzirá também cardos e abrolhos, e tu comerás a erva do campo. 19 No suor do rosto comerás o teu pão, até que tornes à terra, pois dela foste formado; porque tu és pó e ao pó tornarás.”

Podemos perceber que Deus amaldiçoou a terra e não o trabalho de cultivar a terra. A perspectiva de Deus com respeito ao trabalho continua a mesma, mesmo depois do homem pecar. Mas como resultado do pecado o trabalho ficou mais difícil, em determinados momentos fútil em função das ervas daninhas e, com isto, todo sistema foi afetado.

Mas a obra de Jesus na cruz afetou todas as áreas da vida humana. Agora o homem e tudo que havia sido tocado pelo pecado foi redimido. Nossa perspectiva do trabalho precisa igualmente ser renovada.

Mesmo que o ambiente ainda continue não cooperativo, o trabalho eventualmente ainda continua fútil e as pessoas ainda continuam pecadoras, a morte de Jesus muda o trabalhador e nos coloca em relacionamento com Deus.

Cl 3:23-24 – “23 Tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como para o Senhor e não para homens, 24 cientes de que recebereis do Senhor a recompensa da herança. A Cristo, o Senhor, é que estais servindo.”

Hoje temos a expectativa que o Senhor nos abençoa em nosso trabalho (Is 64:4), inclusive, quando dormimos (Sl 127:2).

PERGUNTAS: Qual perspectiva, como cristãos, temos que ter do trabalho? Como você pode influenciar no seu trabalho?

 

Reunião da Célula

1. Encontro

a. Enquanto as pessoas forem chegando, você pode deixar uma música de fundo rodando no ambiente. Isto ajuda a preparar o ambiente para célula e deixa mais descontraído.

b. Nunca deixe de dar muita atenção para os novos na célula. Eles precisam se sentir especiais (como são).

c. Peça para as pessoas que trouxeram os visitantes, apresentarem estas pessoas. Receba a todos com muita expectativa e amor.

d. Quebra Gelo: Pergunta: Em quais profissões você já trabalhou? O que mais gostou de fazer? Tens alguma perspectiva de fazer algo diferente no futuro?

2. Exaltação

a. Se houver possibilidade, cante dois cânticos bem alegres. Se não há quem toque um instrumento, seria interessante que se tenha um aparelho de som e se colocasse uma música pré-selecionada que todos possam cantar juntos. Pode ser até um celular.

b. A presença de Deus é que faz com que as pessoas sejam transformadas na célula. Então valorize este momento para todos entenderem que sobretudo a presença de Deus deve ser valorizada e desejada.

c. Ore pelo andamento da célula e por cada pessoa!

3. Edificação

a. A igreja precisa entender que temos uma responsabilidade de transformar não apenas as pessoas, mas toda a terra. Fomos chamados para estabelecermos o Reino de Deus e não apenas para salvarmos e transformarmos as vidas das pessoas. Para isto precisamos ter claro entendimento de nossa função como cristão onde quer que estejamos, principalmente neste momento tão crucial em que estamos vivendo.

b. Esta ministração tem o objetivo de levar os membros de nossa célula a começarem a entender que o cristianismo não se resume a influência de Deus em sua vida pessoal e íntima, mas em todas as áreas de sua vida, inclusive em seu trabalho que é uma parte importante de sua existência.

4. Evangelismo

a. Ore para que as pessoas de sua célula serem verdadeiras testemunhas do amor e poder de Deus em seu trabalho. Que venham a influenciar e transformar o ambiente de trabalho que estão fazendo com que a bênção de Deus chegue onde quer que estiverem exercendo seu trabalho.

b. Ore sempre pelas necessidades das pessoas (pode fazer uso da cadeira da bênção para esta oração).

c. Aproveite para levar as pessoas que ainda não conhecem a Jesus a se entregarem a ele.

d. Ore pelas pessoas que estão na lista de oração. Faça algo criativo para elas sentirem verdadeiramente que esta lista é muito importante.

e. Dê os avisos necessários.

f. Orem pela liderança da sua igreja e da Rede Apostólica.

g. NUNCA deixe de compartilhar os objetivos da célula, discutir como estão avançando nestes objetivos, estabelecer estratégias e orar por eles. Faça SEMPRE isto.

h. Não esqueça de fazer mensalmente a REUNIÃO FESTIVA para facilitar trazer novas pessoas para a célula.

Observação: O modelo de igreja celular está alicerçado em 4 bases bem sólidas e estas precisam estar funcionando como engrenagens. Se alguma destas engrenagens estiver parada todo sistema vai travar.

TUDO precisa estar funcionando:

A. Células semanalmente;

B. Treinamento para aqueles que estão sendo preparados;

C. Supervisão da liderança

D. Discipulado pessoal.

(Corrigido por Pfta Eneida Wagner)

11/04/2021

Veja Mais...

05/Abr/2021

FILHOS VERDADEIROS.

 
22/Mar/2021

A VISÃO DA AMENDOEIRA.

 
01/Mar/2021

DIA MAU.