Rádio Online
 
 
pub
Home > Estudos > Estudos da Célula > O BRAÇO ESTENDIDO DE DEUS

Estudos da Célula

O BRAÇO ESTENDIDO DE DEUS
 

O Braço Estendido de Deus (Ricardo Wagner, ap.)

Temos uma história muito conhecida na Bíblia. Os Hebreus saíram da terra de Canaã e foram para o Egito num período de seca e fome. Lá se estabeleceram na terra de Gósen (Gn 47:27) sob os cuidados de José que então era como um primeiro ministro do Faraó. Muitos anos se passaram e chegou ao poder um novo Rei que não conhecia José e fez dos israelitas escravos (Ex 1:8-14). Depois de 430 anos dos israelitas estarem no Egito, Deus veio falar com Moisés para que ele liderasse a libertação e saída dos hebreus do Egito para terra de Canaã.

Justamente nesta época o Egito era a nação mais poderosa do mundo e estava em seu apogeu. Suas fronteiras chegaram aos seus limites mais distantes e muitos dos monumentos ainda visíveis hoje foram construídos neste tempo. Seus exércitos eram enormes e bem treinados. Por outro lado, os israelitas eram um povo escravo que tinham sido escravos desde que qualquer pessoa viva pudesse se lembrar. Eles não eram soldados, não eram combatentes e não tinham armas. A idéia de que eles podiam simplesmente sair do Egito em massa enquanto os egípcios olhavam era absurda. Não havia plano, nenhuma estratégia, e não havia táticas, humanamente falando, que poderia resultar na libertação desse povo oprimido e escravizado.

Mas Deus disse: “Eu sei que o rei do Egito não os deixará sair, a não ser que uma poderosa mão o force” (Ex 3:19). “Então o Senhor disse a Moisés: “Agora você verá o que farei ao faraó: Por minha mão poderosa, ele os deixará ir; por minha mão poderosa, ele os expulsará do seu país” (Ex 6:1). E assim aconteceu. O incrível Criador do céu e da terra abateu os orgulhosos egípcios com as pragas e pestes, devastando toda a nação, até que eles ficaram muito contentes de ver este povo estranho e misterioso, com seu Deus invisível, se afastar de sua terra. No final, os egípcios atônitos e atordoados imploraram aos hebreus que saíssem e lhes deram suas melhores joias feitas de prata e ouro para levar consigo (Ex 12:31-36). Não houve revolução; não houve revolta. O Deus de Israel, fez exatamente como Ele havia prometido: “Eu sou o SENHOR, e vos tirarei de debaixo das cargas do Egito, e vos livrarei da sua servidão, e vos resgatarei com braço estendido e com grandes manifestações de julgamento” (Ex 6:6).

PERGUNTAS: A experiência da libertação dos hebreus foi algo muito poderoso. Depois do faraó por inúmeras vezes negar que eles saíssem, Deus os libertou sem que fizessem o mínimo esforço. O poder de Deus foi tal que os egípcios suplicaram aos israelitas para que fossem embora, inclusive lhes dando objetos de ouro e prata para levarem junto. Você já teve alguma experiência onde o inimaginável aconteceu pela intervenção de Deus? Já ouviu de algum caso?

É interessante como inúmeras vezes a expressão “mão poderosa e braço estendido” é usado para descrever como Deus libertou o povo hebreu do Egito. Mais interessante é perceber que todas vezes que esta expressão está escrita na Bíblia sempre se refere a como Deus libertou o povo do Egito (Ex 6:6, Dt 4:32-36, 5:15, 7:19, 9:29, 11:2, 26:8, Sl 136:11-12).

Dt 7:18b-19a – “Lembrar-te-ás do que o SENHOR, teu Deus, fez a Faraó e a todo o Egito; das grandes provas que viram os teus olhos, e dos sinais, e maravilhas, e mão poderosa, e braço estendido, com que o SENHOR, teu Deus, te tirou.”

Mão poderosa e braço estendido significa força e o poder conforme Salmos 89:13: “O teu braço é poderoso; a tua mão é forte, exaltada é tua mão direita.”

A Bíblia poderia ter empregado essa frase “com mão poderosa, e com braço estendido” para descrever toda uma série de atos divinos poderosos, mas a frase é usada apenas com referência ao êxodo. Mas por que esta expressão é usada unicamente para o êxodo dos hebreus do Egito? Na antiga literatura real egípcia, o faraó é frequentemente descrito como usando sua "mão poderosa" ou "braço estendido" para realizar grandes feitos. Ao descrever a derrota do Egito com estes termos, a Bíblia argumenta que seu Deus superou o maior poder que havia na terra naqueles tempos.

Deus nos deixa isto relatado para que saibamos que não há situação impossível ou coisa demasiadamente difícil, para que ele não possa resolver apenas e unicamente pelo seu poder. Lembre, que os hebreus nem sequer lutaram. Na verdade Deus fez com que os egípcios implorassem para que eles saíssem da terra levando ainda suas joias e seus tesouros. “Ah! Soberano Senhor, tu fizeste os céus e a terra pelo teu grande poder e por teu braço estendido. Nada é difícil demais para ti.” (Jr 32:17 NVI)

PERGUNTAS: Há em sua vida alguma necessidade que seja impossível que precisas de uma intervenção de Deus? Explique!

Reunião da Célula

1. Encontro

a. Peça para as pessoas que trouxeram os visitantes, apresentarem estas pessoas. Receba a todos com muita expectativa e amor.

b. Pessoas novas é a razão de ser de uma célula. Assim, toda atenção deve ser dada a elas. Mostre isto com ações concretas e deixe todos no grupo mobilizados nesta mesma direção.

c. Quebra Gelo. Pergunta: Qual o milagre descrito na Bíblia que mais lhe impressiona?

2. Exaltação

a. Se houver possibilidade, cante dois cânticos bem alegres. Se não há que toque um instrumento, seria interessante que se tenha um aparelho de som e se colocasse uma música pré-selecionada que todos possam cantar juntos. Pode ser até um celular.

b. Este é um momento para criar um ambiente onde o Espírito Santo se sinta a vontade. Então, não leve esta parte da célula com leviandade. Deste momento depende o agir de Deus durante a reunião.

c. Orem para esta presença de Deus venha produzir milagres tremendos na célula.

3. Edificação

a. O objetivo desta ministração é mostrar que não há impossíveis para Deus. Deste a menor dificuldade até o maior inimigo da terra, há poder em nosso Deus!

b. Abaixo um desenho do antigo Egito mostrando Faraó destruindo os inimigos com sua forte mão e seu braço estendido!

4. Evangelismo

a. Muitas pessoas perderam a esperança, pois não veem a mínima possibilidade de uma solução para suas questões. Esta ministração mostra que não há impossíveis para Deus. Ore e a solução virá.

b. Ore por todas as pessoas da célula para cada dia sejam mais aquilo que Deus deseja que sejam.

c. Aproveite para levar as pessoas que ainda não conhecem a Jesus a se entregarem a ele.

d. Ore pelas pessoas que estão na lista de oração. Faça algo criativo para as pessoas sentirem verdadeiramente que esta lista é muito importante.

e. Dê os avisos necessários.

f. Orem pela liderança da sua igreja e da Rede Apostólica.

g. NUNCA deixe de compartilhar os objetivos da célula, discutir como estão avançando nestes objetivos, estabelecer estratégias e orar por eles. Faça SEMPRE isto.

26/03/2019

Veja Mais...

18/Mar/2019

AÍ VEM O SONHADOR.

 
12/Mar/2019

O DEUS QUE PREPARA TUDO.

 
25/Fev/2019

QUEM SOMOS.

 
18/Fev/2019

O PODER DA GRATIDÃO 2.