Rádio Online
 
 
pub
Home > Estudos > Estudos da Célula > JESUS O CRISTO

Estudos da Célula

JESUS O CRISTO
 

Jesus, o Cristo (Ricardo Wagner, ap.)

Is 9:6 – “Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz”.

Natal lembra o nascimento de Jesus. Sua humanidade. Mostra Jesus como homem. Filho de Maria e José. Nasceu e foi colocado numa manjedoura (local onde animais comiam) em Belém. Provavelmente era filho de um artesão (talvez carpinteiro). Na época os filhos seguiam a profissão do pai, por isto provavelmente Ele também foi um artesão carpinteiro. Viveu em Nazaré, por isto foi chamado de Nazareno. Foi chamado de mestre, rabi, profeta....

Mas quando Ele perguntou a seus discípulos quem Ele era, Jesus não queria ouvir nenhuma destas coisas acima. Pedro deu a resposta correta!

Mt 16:13-17 – “Indo Jesus para os lados de Cesaréia de Filipe, perguntou a seus discípulos: Quem diz o povo ser o Filho do Homem? E eles responderam: Uns dizem: João Batista; outros: Elias; e outros: Jeremias ou algum dos profetas. Mas vós, continuou ele, quem dizeis que eu sou? Respondendo Simão Pedro, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo. Então, Jesus lhe afirmou: Bem-aventurado és, Simão Barjonas, porque não foi carne e sangue que to revelaram, mas meu Pai, que está nos céus.”

Para surpresa, o nome Cristo não era o sobrenome de Jesus. A palavra Cristo vem da palavra grega “Christos” que significa ungido ou escolhido. Esta é a palavra equivalente a palavra hebraica “Meshiach”ou “Messiah”.

Jesus é o nome que nosso Senhor recebeu como homem, pelo anjo Gabriel: “Eis que conceberás e darás à luz um filho, a quem chamarás pelo nome de Jesus” (Lc 1:31). Cristo era seu título, significando que Jesus foi enviado pelo Pai para ser o Rei e Libertador. Assim, Jesus Cristo significa Jesus o Messias, ou, “Jesus o Ungido”.

Reconhecer quem é Jesus verdadeiramente é fundamental para nossa vida. Se recebermos ele apenas como um bom homem, um exemplo, um mestre, não estamos recebendo a ele corretamente. Ele é o Cristo, o filho do Deus vivo.

Mt 10:40-41 – “Quem vos recebe a mim me recebe; e quem me recebe, recebe aquele que me enviou. Quem recebe um profeta, no caráter de profeta, receberá o galardão de profeta; quem recebe um justo, no caráter de justo, receberá o galardão de justo.”

Quando recebemos e reconhecemos Jesus de forma correta recebemos o galardão devido. Pedro reconheceu Jesus de forma correta e foi agraciado com o poder e a autoridade do Reino!

Mt 16:18-19 – “Também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela. Dar-te-ei as chaves do reino dos céus; o que ligares na terra terá sido ligado nos céus; e o que desligares na terra terá sido desligado nos céus.”

Quando recebemos Jesus corretamente nos tornamos seus filhos: Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome” (Jo 1:12).

Se analisarmos a Palavra, vemos que Jesus agia exatamente como o Pai, como o próprio Deus! Na verdade Jesus “é a perfeita semelhança do próprio Deus”.

a. Fez o que o Pai faz (Jo 5:19, Jo 5:30)

b. Ensinou o que o Pai ensina (Jo 7:16-17)

c. Julgou como o Pai julga (Jo 8:16 NVI)

d. Falou o que o Pai fala (Jo 8:28, Jo 12:49)

e. Ver Jesus é o mesmo que ver o Pai (Jo 12:45)

f. Crer em Jesus é a mesma coisa que crer no Pai (Jo 12:44)

No Natal Jesus é apresentado como homem. Todos mostram o “menino Jesus” na manjedoura. Reconhecer que Jesus existiu como homem não nos gera nenhum galardão. Mas reconhecer Ele como Filho de Deus, único Salvador, Senhor sobre tudo resulta em salvação, vida eterna e recompensa de graça e paz sobre nossa vida (II Pe 1:2-3).

PERGUNTAS: Quem é Jesus para você? O que Ele significa para sua vida? Se Ele é o Senhor de sua vida, como isto pode ser visto na prática?

Reunião da Célula

1. Encontro

a. A célula é como um berçário. Constantemente devemos ter ali novos “bebês espirituais”. Se não houverem bebês num berçário, não faz sentido manter aberto este lugar. Assim, constantemente precisamos ter pessoas novas na célula. Não permita que sua célula fique improdutiva. Esteja sempre mobilizando todos os membros da célula para que novas pessoas sejam trazidas para as reuniões. O ideal seria que em todas as reuniões tivessem pessoas novas.

b. Peça para as pessoas que trouxeram os visitantes, apresentarem estas pessoas. Receba a todos com muita expectativa e amor.

c. Quebra Gelo. Pergunta: Natal é época de dar e receber presentes. Qual o presente que você recebeu que mais marcou em sua vida?

2. Exaltação

a. Se houver possibilidade, cante dois cânticos bem alegres. Se não há que toque um instrumento, seria interessante que se tenha um aparelho de som e se colocasse uma música pré-selecionada que todos possam cantar juntos. Pode ser até um celular.

b. Este é um momento de exaltar a Deus, de sintonizar com ele e trazer sua presença para o ambiente da célula. Cuidado com o local que se faz a reunião para não dispersar as pessoas nem deixar o ambiente pesado.

c. Deixe que as pessoas que querem orar se expressar para que a glória de Deus venha sobre a células e as pessoas sejam transformadas pelo seu poder.

3. Edificação

a. Nesta semana temos a oportunidade de ouvirmos de cada pessoa o que Jesus representa para elas. Neste momento podemos corrigir algum pensamento errado e alinhar o entendimento de todos para reconhecer quem realmente é Jesus e o que representa para cada um. Por isto deixe todos se expressarem sobre seus pensamentos e ajude a todos a reconhecer quem verdadeiramente é Jesus. 

4. Evangelismo

a. Esta é uma reunião de célula essencialmente evangelística. Aproveite para levar a todos a reconhecer a Jesus como Senhor e Salvador de suas vidas. Se alguém nunca fez a oração de entrega, explique com detalhes o que significa reconhecer Jesus como Senhor e Salvador.

b. Ore pelas pessoas que estão na lista de oração. Faça algo criativo para as pessoas sentirem verdadeiramente que esta lista é muito importante.

c. Dê os avisos necessários.

d. Orem pela liderança da sua igreja e da Rede Apostólica.

e. Não esqueça de organizarem uma reunião festiva de final de ano na célula.

17/12/2018

Veja Mais...

31/Dez/2018

NÃO DESANIMES.

 
07/Jan/2019

DEUS PODEROSO.